ANO: 25 | Nº: 6398
04/04/2017 Cidade

Enchimento da barragem da UTE Pampa Sul deve ser concluído no segundo semestre

Foto: Arquivo JM

A obra da barragem da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski) iniciou o enchimento controlado do reservatório. Nesta etapa, uma área de aproximadamente 53,04 hectares deverá começar a ser inundada, até que atinja o nível da elevação de 154 metros. A expectativa é que a atividade seja concluída até o início de junho, quando deverá ser iniciada a segunda etapa do enchimento controlado, até a cota de 158 metros, com previsão de alague de outros 311,31 hectares.
O gerente socioambiental da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski), Hugo Roger Stamm, explica que o enchimento controlado do reservatório será realizado em etapas, com o controle de nível da água executado por meio da movimentação das comportas e regulagem nos tubos da vazão sanitária. "A atividade não prevê nenhum impacto social e será realizada por etapas, com a previsão de que, ao ser atingido cada marco do enchimento, seja realizada uma avaliação da área inundada", explica Stamm.

Localização
A barragem da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski) está localizada em áreas adquiridas pelo empreendimento, sendo que parte do reservatório fica em Candiota (margem esquerda) e parte em Hulha Negra (margem direita), com barramento no Rio Jaguarão. Stamm afirma que haverá a garantia da vazão sanitária do rio, permitindo que todas as atividades que já eram realizadas nele continuem sendo praticadas e, garantindo, também, que o rio continue o seu curso.
Toda a área que será alagada estará cercada e identificada com placas informativas. Além disso, está em processo de aprovação pelo (Ibama) o Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno de Reservatório Artificial (Pacuera), que definirá usos futuros ambientalmente equilibrados para o reservatório, atendendo à legislação, às necessidades do empreendimento, às demandas da sociedade e à segurança dos usuários.

Cuidados
Vários cuidados e medidas estão sendo adotadas visando à preservação da fauna existente na área que será alagada, porém, durante o enchimento, os animais silvestres, incluindo os peçonhentos, poderão ficar desorientados e tentar se refugiar em busca de novos locais para viver, facilitando encontros indesejados e ficando expostos a atropelamentos e a caça, que é proibida. No caso dos animais peçonhentos, é importante investir na prevenção, vedando portas e janelas e estando atento, no caso de áreas próximas ao reservatório.
Em alguns casos, os animais não conseguirão se deslocar sozinhos e poderão ficar ilhados durante o enchimento do reservatório. Nestas situações, uma equipe treinada e devidamente autorizada realizará o resgate dos animais, contando com auxílio de equipamentos específicos, veículos e embarcações. Da mesma forma, a equipe também estará dando atenção à fauna aquática, que poderá ficar retida em poças de água que podem formadas com a variação do nível da água. Além do resgate embarcado, uma equipe de apoio estará percorrendo as áreas por terra para o resgate de algum animal que esteja em deslocamento e dando subsídio à equipe embarcada.
Outros cuidados e informações também são importantes: o uso de embarcações no Rio Jaguarão, no trecho a ser inundado, deve ser evitado; atividades como natação e banho estão proibidas, assim como não é recomendada a pesca e o acampamento, já que durante o período de enchimento, pescadores ou campistas podem ficar ilhados; é recomendado que se evite juntar lixo na área a ser inundada, assim como o gado e outros animais devem ser mantidos controlados dentro dos limites das propriedades. "Todos os acessos estão sinalizados para evitar acidentes e as comunidades estão sendo comunicadas sobre a atividade", destaca Stamm.

Dúvidas podem ser esclarecidas através do telefone (53) 3245-4000, por meio da Ouvidoria, pelo telefone (53) 3245-4066 e pelo atendimento presencial disponível no escritório da obra.

Sobre a usina
A Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul (Miroel Wolowski) é fruto do leilão de energia A-5 de 28 de novembro de 2014, quando a Tractebel Energia adquiriu o direito de operação da nova usina por 25 anos, a partir de janeiro de 2019. A UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski) tem capacidade instalada de 340 MW e investimento total de R$ 1,8 bilhão.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...