ANO: 25 | Nº: 6357
08/04/2017 Cidade

Frei Álvaro comenta sobre data mais importante para católicos

Foto: Antônio Rocha

Frei destaca que data é mais importante para Igreja Católica
Frei destaca que data é mais importante para Igreja Católica

A celebração da data máxima para os cristãos inicia neste final de semana, com o Domingo de Ramos. A data marca a chegada de Jesus em Nazaré, quando foi saudado como rei pelo povo com ramos verdes. Em todas as paróquias da cidade, já começa a programação para recepcionar os cristãos durante a Páscoa.

Frei Álvaro Bordignon, responsável pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição, destaca que a Páscoa é o momento litúrgico mais importante da Igreja Católica, permeado de ritos simbólicos, como a cerimônia de lava-pés. “É a semana mais importante do ano para os cristãos porque faz uma homenagem aos últimos momentos da vida de Cristo”, destaca.

Por isso, é durante esta data que os fieis aproveitam para prestar homenagens às suas crenças através de simbolismos. A cerimônia de lava-pés, por exemplo, remete ao ato de Jesus Cristo, na Última Ceia, quando lavou os pés dos discípulos. “Assim recordamos o exemplo de humildade e amor de Jesus”, destaca.

Neste ano, na Paróquia da Conceição, para a cerimônia de lava-pés, foram convidados 12 agrônomos, biólogos e veterinários. Segundo Frei Álvaro, é uma forma de unir a celebração pascal ao tema da Campanha da Fraternidade deste ano, que é Biomas Brasileiros e Defesa da Vida. “Escolhemos 12 pessoas que têm, entre suas missões, formas de preservar o nosso planeta”, explica. A cerimônia acontece na quinta-feira, a partir das 20h.

Confissão: sacramento esquecido

A confissão é um sacramento também bastante lembrado na época da Páscoa. A Igreja Católica aconselha que, ao menos, uma vez ao ano, os fiéis devem se confessar, especialmente no período de Páscoa. Entretanto, a frequência vem caindo gradualmente, com o passar dos anos, embora o próprio Frei Álvaro ressalte que muitas pessoas ainda procuram os padres para buscar o perdão.

Ele acredita que a baixa procura pelo sacramento é uma consequência da falta de consciência do pecado. Mesmo assim, é durante a Semana Santa que acontece o maior número de confissões. “As pessoas perderam a consciência do pecado. Então não pedem perdão porque não acham que pecaram, é um gesto de humildade reconhecer um erro. Mesmo assim, temos muito movimento no confessionário nesta época, principalmente dos jovens que participam dos movimentos católicos. Para muitos, é quase uma terapia”, destaca.

Simbolismos

A data não representa apenas a ressurreição de Cristo. Frei Álvaro destaca que Páscoa significa Pessach, ou passagem. Ou seja, além da passagem da morte para a vida, que é o significado católico da data, também remonta a entrada da primavera no Hemisfério Norte e a passagem dos hebreus do Egito para a Terra Prometida. “Do duro frio de inverno, brota a vida da primavera; da escravidão para a liberdade e da escuridão do túmulo para a vida. São passagens. E é isso que a Páscoa significa”, destaca.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...