ANO: 24 | Nº: 6104

Norberto Dutra

redacaominuano@gmail.com
Pastor e presidente da Igreja Assembleia de Deus de Bagé Doutor em Divindade
08/04/2017 Norberto Dutra (Opinião)

Uma questão de lealdade (final)

Nesta questão de “lealdade” destaca-se a verdade impregnada na mensagem de Jesus. Ele apresentou os dois lados do paradoxo. Ele veio para libertar a humanidade do pecado, do egoísmo e do egocentrismo. Porém chamou os que aceitavam a libertação para a lealdade do discipulado. Somente aqueles que, por lealdade, colocam o Salvador e a sua cruz em primeiro lugar, seguindo-o em obediência absoluta, podem crescer na realização da liberdade. A cruz de Cristo granjeou-nos a liberdade, a nossa lealdade em levar a nossa cruz nos dará a vida liberada. O apóstolo Paulo proclama a mensagem da liberdade e lealdade em Gálatas 5: 1 “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei (lealdade), pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão”. Portanto permanecer em Cristo Jesus nos garante a liberdade por meio da lealdade.

O segundo aspecto que encontramos na lealdade de Rute está relacionado à fidelidade encontrada no caráter do Senhor Deus. O rei Davi expressa esta verdade da seguinte forma: “Cantarei a bondade e a justiça a ti, Senhor, cantarei. Não há de ficar em minha casa o que usa de fraude; o que profere mentiras não permanecerá ante os meus olhos.” Salmos 101: 1, 7. O fato de o Senhor ser fiel a sua palavra, promessas e amor, nos insta a que todos aqueles que de uma forma ou outra conhecemos a Deus, sua palavra e agir, deveremos necessariamente ser leais ao Senhor, nossa família, amigos e a todos de uma maneira geral. Salomão nos aconselha neste sentido: “Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço, escreve-as nas tábuas do teu coração. E acharás graça e boa compreensão diante de Deus e dos homens” Provérbios 3: 3-4  Nas sagradas letras encontramos com frequência a lealdade do Senhor, bem como somos exortados a demonstrar, que lealdade para com Deus, significa coloca-lo em primeiro lugar em nossas vidas, e desta forma renunciar a qualquer outro falso deus, demonstrando desta forma aos outros que, tanto Deus é fiel para comigo, bem como eu sou fiel ao meu Deus.

A terceira mensagem na lealdade de Rute mostra-nos que “lealdade” é o vinculo que une a família de Deus. Deus honrou a Rute pela sua lealdade ao expressar que, o Deus de Noemi também seria o Deus dela dando-lhe muitas bênçãos ao ponto de fazer parte da escolha de Deus para a descendência de Cristo “Salmom gerou de Raabe a Boaz; este, de Rute, gerou a Obede; e Obede a Jessé.” Mateus 1: 5. Comprometer-se com a lealdade significa envolvimento coerente no esforço de ajudar os outros a descobrir e fazer a vontade do Senhor.   Um escritor inglês fez a seguinte declaração: “O principio mais profundo na natureza humana é o anseio de ser amado”. Na família do Senhor a lealdade é um elemento de suma importância para a sustentabilidade.

Sejamos leais a Deus, à família, á Igreja, aos amigos e ao próximo, desta forma estaremos mostrando a imagem e semelhança do Senhor, que existe em cada um de nos. Obrigado por nos acompanhar. Bênçãos do Altíssimo para todos. Amém!

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...