ANO: 25 | Nº: 6312
11/04/2017 Cidade

Simba e Sinprofem avaliam os 100 dias do governo municipal

Foto: Divulgação

Pedido de reunião foi protocolado ontem
Pedido de reunião foi protocolado ontem

Após vencer o prazo solicitado pelo Executivo municipal, de 100 dias, o Sindicato dos Municipários de Bagé (Simba) e o Sindicato dos Professores e Funcionários dos Estabelecimentos de Educação Municipal de Bagé (Sinprofem) fazem uma avaliação da atuação do governo do prefeito Divaldo Lara e retomam as negociações com o Executivo.

Ontem, o presidente do Simba, Antônio Soares, protocolou na prefeitura o pedido de reunião com o prefeito. A intenção do sindicalista é tratar sobre a readequação dos níveis dos servidores. Tema que vem sendo discutido desde 2014, quando aconteceu ocorreu uma greve.

Soares argumenta que os trabalhadores não tiveram nenhum favorecimento durante estes primeiros meses de gestão. "Perdemos benefícios e muitos servidores estão recebendo R$ 462 de salário-base", disse.

O presidente do Simba acredita que as tratativas com o prefeito irão avançar. "O Divaldo deu todo apoio durante a greve e na ocasião disse que era possível a revisão", recorda. Ele ainda informa que o sindicato irá cobrar a participação dos servidores nas decisões.

Para o presidente do Sinprofem, Loi Vaz Lacerda, a expectativa de negociação é positiva. Ele afirma que a prefeitura iniciou bem e com bastante trabalho de infraestrutura nas vias do centro e bairros. Conforme o sindicalista, a partir de agora, deve ser realizado um estudo para ver as perspectivas de aumento do valor dos níveis salariais.

Lacerda lembra que houve um compromisso do atual prefeito durante a greve e, posteriormente, na campanha eleitoral, de rever os índices salariais. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...