ANO: 25 | Nº: 6281
14/04/2017 Cidade

Daer contrata empresa para manutenção da ERS 473

Foto: Tiago Rolim de Moura

Construbras fará manutenção da estrada por um ano
Construbras fará manutenção da estrada por um ano

 

O Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem do Rio Grande do Sul (Daer-RS) vai implantar, neste ano, um novo modelo de contratos para conservação de rodovias. A partir de agora, a empresa Construbras assume os serviços de manutenção de 353,3 quilômetros não pavimentados na região da oitava Superintendência, que abrange os municípios de Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Pedras Altas, Pinheiro Machado, Santana da Boa Vista e São Gabriel. A medida abrange a rodovia que liga Bagé a Lavras do Sul.

Na segunda-feira, o diretor-geral do Daer-RS, Rogério Uberti, terá uma reunião com o superintendente regional de Bagé, Nelson César Carvalho Martins, e representantes das empresas contratadas, com o intuito de definir as prioridades dentro da execução do contrato. Na ocasião, serão definidas apenas as primeiras a serem atendidas pelos contratos.

Conforme informações da assessoria de comunicação do Daer-RS, cada superintendência regional possuía um contrato com uma determinada empresa (vencedora de licitação), para que a mesma ficasse responsável tanto pelas vias asfaltadas, como pelas não pavimentadas. Agora, cada regional possui dois contratos: um para a malha pavimentada e outro para a não pavimentada.

A empresa Construbras foi contratada para fazer a manutenção por um ano, no valor de R$ R$ 3,9 milhões, das vias não pavimentadas, o que abrange a ERS 473, que liga Bagé a Lavras do Sul. A empresa Encopav assume os serviços de manutenção dos 42,41 quilômetros pavimentados da região, no valor de R$ 1,36 milhão, também contratada por um ano. 

A assessoria informou, ainda, que para cada contrato, foi realizada uma licitação. “O objetivo, com isso, é dar cobertura total à rede de rodovias administradas pelo Daer-RS, de forma que não haja mais risco de uma empresa priorizar serviços em rodovias asfaltadas (que possuem maior preço), em detrimento das rodovias de revestimento primário (não pavimentadas)”,  disse a nota.

 

Demanda antiga
A pavimentação da estrada Bagé-Lavras do Sul é uma reivindicação de mais de 30 anos dos moradores da região. Durante a gestão do governador Tarso Genro (PT), teve início uma obra de pavimentação, mas ficou inacabada. A retomada contou com várias mobilizações no local, mas não teve andamento. Quando assumiu a Secretaria Estadual de Transporte e Mobilidade, Pedro Westphalen, aliado político da vereadora Sonia Leite (PP), se comprometeu em realizar manutenções periódicas na via, medida que vinha sendo cumprida. A responsabilidade de manter a estrada era do Daer e Sultepa. 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...