ANO: 25 | Nº: 6236

José Artur Maruri

josearturmaruri@hotmail.com
Colaborador da União Espírita Bajeense bagespirita.blogspot.com.br
14/04/2017 José Artur Maruri (Opinião)

Que temos com o Cristo

Quando alcançamos o período pascal refletimos sobre diversas situações. No entanto, infelizmente, nossa percepção está um tanto quanto deturpada pelos vários anos de um dogmatismo que sempre privilegia a forma e despreza o íntimo do indivíduo.

            Por outro lado, observamos, justo neste período, as ruínas das classes que detêm o poder, principalmente em nosso País.

            Enquanto isso, nos vem à mente a seguinte indagação: "Que temos com o Cristo?"

            É oportuno que lembremo-nos do dizer do Espírito Emmanuel, através da mediunidade do inolvidável Francisco Cândido Xavier:

            “Grande erro supor que o Divino Mestre houvesse terminado o serviço ativo no Calvário.

            Jesus continua caminhando em todas as direções do mundo; seu Evangelho redentor vai triunfando, palmo a palmo, no terreno dos corações.

            Semelhante circunstância deve ser lembrada porque também os espíritos maléficos tentam repelir o Senhor diariamente.

            Refere-se o evangelista a entidades perversas que se assenhoreavam do corpo da criatura. Entretanto, essas inteligências infernais prosseguem dominando vastos organismos do mundo.

            Na edificação política, erguida para manter os princípios da ordem divina, surgem sob os nomes de discórdia e tirania; no comércio, formado para estabelecer a fraternidade, aparecem com os apelidos de ambição e egoísmo; nas religiões e nas ciências, organizações sagradas do progresso universal, acodem pelas denominações de orgulho, vaidade, dogmatismo e intolerância sectária.

            Não somente o corpo da criatura humana padece à obsessão de espíritos perversos. Os agrupamentos e instituições dos homens sofrem muito mais.

            E quando Jesus se aproxima, através do Evangelho, pessoas e organizações indagam com pressa: "Que temos com o Cristo? Que temos a ver com a vida espiritual?"

            É preciso permanecer vigilante à frente de tais sutilezas, porquanto o adversário vai penetrando também os círculos do Espiritismo evangélico, vestido nas túnicas brilhantes da falsa ciência”. - Emmanuel

(Texto extraído da obra Caminho, Verdade E Vida de autoria do espírito Emmanuel em psicografia de Francisco Cândido Xavier. Cap. 144. Pag. 303-304) 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...