ANO: 26 | Nº: 6526
17/04/2017 Fogo cruzado

Projeto declara rodeio crioulo como patrimônio cultural

Foto: Vinicius Reis/Agência ALRS

Proposta foi apresentada pelo deputado Bombeiro Bianchini, do PPL
Proposta foi apresentada pelo deputado Bombeiro Bianchini, do PPL

O deputado estadual Ciro Simoni, do PDT, assumiu a relatoria, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, do projeto de lei que declara os rodeios crioulos tradicionalistas como bens integrantes do patrimônio histórico e cultural imaterial do estado do Rio Grande do Sul. A proposta, apresentada pelo deputado Bombeiro Bianchini, do PPL, ainda depende da aprovação da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia, e da Comissão de Turismo do parlamento gaúcho, para avançar ao plenário.

O rodeio crioulo é uma manifestação das tradições do campo. Por conta de uma legislação aprovada em 2002, foi instituído, oficialmente, como um dos componentes da cultura popular sul-rio-grandense. “Não restam dúvidas de que o rodeio, enquanto representação das formas de manifestação e expressão do tradicionalismo gaúcho, necessita ser reconhecido como patrimônio histórico e cultural imaterial, a ser preservado e cultivado, e como tal, após a devida inclusão, ser registrado pelo órgão estadual competente”, argumenta o proponente.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...