ANO: 24 | Nº: 6104
19/04/2017 Fogo cruzado

Assembleia discute empreendimento de mineração no Rio Camaquã

Foto: Arquivo JM

Proposta enfrenta resistências por conta das ameaças ambientais ao manancial
Proposta enfrenta resistências por conta das ameaças ambientais ao manancial

O projeto de mineração de chumbo da Votorantim Metais será debatido, hoje, às 10h, em audiência pública na Assembleia Legislativa, convocada pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente. Participarão da atividade, proposta pelo deputado Luiz Fernando Mainardi, representantes da Votorantim, dos produtores locais, pesquisadores, ambientalistas e prefeitos das cidades que compõem a bacia do Camaquã. Representantes dos empreendedores, lideranças políticas e produtores rurais devem se manifestar durante o ato.

O protocolo prevê a manifestação do coordenador de projetos da Votorantim, Paul Cézanne; do presidente da Associação para o Desenvolvimento do Alto Camaquã (Adac), Marcos Borba;d o biólogo e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Paulo Brack; do prefeito de Caçapava do Sul, Giovani Amestoy; da prefeita de Cristal, Fábia Richter; de Renato Taifke, do Comitê da Bacia do Rio Camaquã; do representante da União Pela Preservação do Camaquã (UPP), Marcos Blanco; do diretor da organização Amigos da Terra, Fernando Campos e da representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marília Longo.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...