ANO: 25 | Nº: 6397
19/04/2017 Segurança

Jovem confessa autoria do homicídio de “Juruna”

Foto: Antônio Rocha

Crime ocorreu na tarde de quinta-feira, 13
Crime ocorreu na tarde de quinta-feira, 13

Wesley Fernandes Soares, 22 anos, confessou, ontem, ter matado Danilo Munhoz Simões, 33 anos, conhecido como "Juruna". O crime aconteceu na tarde de quinta-feira, na rua José Luiz Machado, próximo à esquina da rua Valter Fagundes, no bairro Malafaia.

De acordo com o titular da Segunda Delegacia de Polícia Civil, responsável pelo inquérito, Luis Eduardo Benites, delegado regional de Bagé, o jovem se apresentou na manhã de ontem, acompanhado do advogado. "Já tínhamos a autoria do caso. E então ele se apresentou, alegando legítima defesa", explicou.

O delegado relatou que, em depoimento, Soares destacou que atirou porque achou que "Juruna" estivesse armado. "Ele falou que já tinham desavenças e que a vítima estava sempre ameaçando. Também disse que no dia do crime "Juruna" fez um gesto como se estivesse com uma arma, e então ele desferiu os cinco tiros contra a vítima", relatou Benites.

O responsável pelo inquérito ressaltou que deverá concluir as investigações em razão do depoimento das testemunhas e não somente da confissão, para o indiciamento de Soares pelo crime de homicídio qualificado.

Relembre

Na tarde do dia 13 de abril, Bagé registrou o sexto homicídio do ano. Danilo Munhoz Simões, 33 anos, conhecido como "Juruna" foi morto a tiros no bairro Malafaia. De acordo com a Brigada Militar, a vítima estava indo a uma padaria do bairro, quando foi alvejada por cinco tiros.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...