ANO: 25 | Nº: 6402
27/04/2017 Fogo cruzado

Chico pode assumir relatoria da comissão criada para atualizar legislações municipais

Foto: Sidimar Rostan/Especial JM

Colegiado se reuniu, ontem, sob presidência da vereadora Sonia Leite
Colegiado se reuniu, ontem, sob presidência da vereadora Sonia Leite

Os cargos da comissão especial para Estudo de Otimização e Atualização da Legislação Municipal, criada pela Câmara de Vereadores de Bagé, só devem ser definidos no dia 4 de maio. O colegiado se reuniu ontem, mas a eleição de presidente e relator foi adiada em função da ausência do representante do PT, vereador Lélio Lopes (Lelinho). A tendência é de que a presidência seja exercida pela líder do PP, vereadora Sonia Leite, e que a relatoria passe às mãos do líder do PSB, vereador Luís Alberto Gonçalves (Chico), proponente da iniciativa.

Tradicionalmente, os proponentes das comissões costumam assumir a presidência. Chico, porém, optou por exercer a função de relator, que é responsável pela apresentação de parecer, ao final dos trabalhos, indicando Sonia para a presidência. O nome da vereadora do PP, entretanto, não chegou a ser levado à votação. A progressista preferiu deixar a definição para a próxima reunião, em função da ausência do único representante da oposição no colegiado. "Precisamos fazer as coisas da forma certa", justificou.

Como encaminhamento, o líder do PTB, Ramão Bogado (Bocão), sugeriu a participação de representantes do Executivo nas discussões. Chico adianta que o objetivo é, inicialmente, realizar um estudo da legislação, para identificar letras mortas, leis em desuso e redações sobrepostas. O vereador acredita que o trabalho deve resultar na compilação de leis por grupos que ainda serão definidos. "É uma comissão que vai nos dar muito trabalho e tomar muito tempo, mas certamente será muito útil para o município", avalia.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...