ANO: 24 | Nº: 6110
28/04/2017 Cidade

Bancários aderem à mobilização geral

Foto: Tiago Rolim de Moura

Fechamento das agências depende de adesão da categoria
Fechamento das agências depende de adesão da categoria

 

 

A greve geral contra as reformas da Previdência e a Trabalhista e a terceirização irrestrita, propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB), irá contar com a participação dos bancários. Uma assembleia realizada na noite desta quarta-feira, no Sindicato dos Bancários de Bagé, definiu pela adesão à paralisação que acontece hoje. A reunião contou com cerca de 50 trabalhadores.

De acordo com o presidente do sindicato, Nilton Dias, a categoria aprovou a paralisação por unanimidade. Ele salienta que o fechamento das agências irá depender da adesão dos trabalhadores. O sindicalista informa que a categoria irá participar do ato realizado na Praça de Esportes, marcado para às 9h30min, com demais sindicatos.

Segundo Dias, mesmo que não haja adesão total dos bancários, as agências irão funcionar de forma precária. 

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...