ANO: 25 | Nº: 6356
29/04/2017 Cidade

Cidades da região recebem mais de R$ 380 mil em recursos da Consulta Popular

Foto: Antônio Rocha

Em Bagé, recursos serão destinados à compra de raio-x para PAM I
Em Bagé, recursos serão destinados à compra de raio-x para PAM I

As prioridades para a área da saúde, votadas na Consulta Popular de 2016, começaram a ter seus valores liberados. No primeiro lote, Bagé, Aceguá e Candiota tiveram recursos disponibilizados junto a outras 96 entidades de saúde do Estado. Ao todo, o governo estadual destina cerca de R$ 12,7 milhões para viabilizar a compra de equipamentos, aquisição de veículos e obras de ampliação e reforma em hospitais e santas casas. A liberação dos recursos foi confirmada na sexta-feira, 28 de abril, pelo secretário da Fazenda, Giovani Feltes.

Segundo previsões da própria Secretaria Estadual de Saúde, os primeiros recursos já seriam liberados ontem. O valor liberado por conta da Consulta Popular é um adicional à cota mensal de R$ 170 milhões que está definida em termos de repasses para que a Saúde, recursos que servem para atender os convênios com hospitais públicos e aos programas executados em parceria com os municípios.

Para o Hospital da Colônia Nova, em Aceguá, foi destinado o recurso de R$ 40 mil. Até o início da tarde de ontem, o administrador da instituição, Leandro Boschmann, ainda não havia sido informado sobre o repasse. Ele adiantou que assim que for depositado, o dinheiro deve ser utilizado para aquisição de equipamentos laboratoriais e de uso geral na urgência e emergência.

Já para Candiota, o recurso liberado foi de R$ 62,5 mil. O vice-prefeito e secretário de saúde do município, Gil Deison Pereira, afirmou que o valor será disponibilizado para a compra de um veículo de cinco a sete lugares, para realizar o transporte de pacientes que fazem tratamento fora de domicílio.

Bagé recebeu cerca de R$ 278 mil, pagos ao Fundo Municipal de Saúde para aquisição de um raio-x para o Posto de Atendimento Médico I (PAM I). O equipamento irá reforçar os atendimentos realizados pelo serviço, que reativou o outro equipamento de radiografia já existente no local, em março deste ano, após quase um ano desativado. De acordo com a assessora de imprensa da secretaria de Saúde, Giovana Nunes Pereira, até o final da tarde de ontem, o valor ainda não havia sido depositado para o município.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...