ANO: 25 | Nº: 6406
05/05/2017 Cidade

Casal bajeense vai percorrer parte da America Latina de carro

Foto: Tiago Rolim de Moura

Aventureiros vão passar por vários países
Aventureiros vão passar por vários países

 O engenheiro agrônomo Thomaz de Menezes Farias, 48 anos, a piloto de avião, Lisiane Lima de Oliveira, 37 anos, e a pequena Maysa partiram hoje, pela manhã, para mais uma aventura. O casal começou a viagem que  iniciou por Santana do Livramento rumo ao Uruguai, Argentina, Chile, Bolivia, Peru, voltando pelo Acre, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraguai, Paraná e Santa Catarina retornando para o Rio Grande do Sul. Todo esse trajeto, que irá cruzar desertos, cordilheiras e vários pontos turísticos, será percorrido de Pick
up.  

A paixão pelas viagens iniciou devido a encontros de aeromodelismo. Farias mantém o hobby há 30 anos e Lisiane, pela profissão. Os dois se conheceram há  12 anos. De lá para cá já passaram por 397 cidades no Rio Grande do Sul, percorrendo cerca de 260 mil quilômetros somente no Estado. “As viagens não passavam de uma semana”, recorda Thomaz.

Para essa travessia, o casal calcula um gasto de cerca de R$ 300 por dia com hotel e alimentação e pretendem gastar,  no máximo, R$15 mil. Farias conta que já conhece todo o litoral desde o Chuí até São Paulo e nunca fez um trajeto tão distante. “Estamos levando o máximo de alimentos prontos e muita água” diz.

Eles relatam que a cada viagem procuram conhecer o máximo possível de cidades e a filha, que irá completar um ano amanhã, já tem no currículo 157 municípios gaúchos.

 

 Freitas atuava profissionalmente na propriedade da família na região de Santa Maria e com a venda do campo decidiu conhecer a América do Sul. 

Lisiane afirma que as pessoas do interior são muito educadas e receptivas  e aconselha a visita na Costa Doce (região de Pelotas) as Guaritas entre Bagé e Caçapava do Sul. “Começamos nossa jornada em uma caminhonete menor e fizemos 180 mil quilômetros”, frisa.

A viagem denominada #expediçãoconhecendomeupago pode ser acompanhada pelas redes sociais Facebook e Instagram no nome de Lisiane ou também no Google #donaonça e #furiosa.

As viagens geraram um arquivo de mais de 860 mil fotos e este trajeto também será acompanhado por um drone. Os viajantes pretendem criar um blog e futuramente buscar patrocínios para as aventuras. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...