ANO: 26 | Nº: 6555
09/05/2017 Cidade

Vigilância Sanitária realiza ações de prevenção contra doença de Chagas

Foto: Arquivo JM

Atividades são realizadas na zona rural do município
Atividades são realizadas na zona rural do município

Apesar de nunca ter sido registrado nenhum caso da doença de Chagas em Bagé, a equipe da Vigilância Sanitária realiza ações de prevenção na zona rural do município. Os 30 agentes receberam uma capacitação sobre os principais pontos que devem monitorar e quais os tipos de triatomíneos (vetor da doença), popularmente conhecidos como barbeiros.

O fiscal sanitário Marcelo Inchauspe chama a atenção para a importância da população saber que a vigilância não promove somente ações contra o mosquito Aedes aegypti. "Já soubemos de casos da doença em municípios próximos a Bagé, como Lavras do Sul, Pinheiro Machado e Caçapava do Sul. É fundamental realizar um trabalho de prevenção, pois caso aconteça aqui, já vamos estar preparados", garante.

O trabalho é desenvolvido em Postos de Informações de Triatomíneos (PITs) no interior do município. Caso seja encontrado algum foco nos postos, a equipe faz o recolhimento e o material é levado para análise em um laboratório. Quando constatada uma colônia do mosquito, é feito um trabalho de desinsetização. A próxima visita dos agentes na zona rural é após o dia 19 de maio.

As dicas para evitar a proliferação do barbeiro são:
- Evitar galinheiros perto de cercas de pedras;
- Evitar que animais domésticos durmam dentro ou embaixo de casas;
- Cuidar a limpeza das casas e comunicar imediatamente a Vigilância Sanitária quando detectar a presença ou houver suspeita do barbeiro no domicílio.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...