ANO: 26 | Nº: 6590
Em tempo real
22/05/2017 às 16h31 Segurança

Delegada irá pedir prisão preventiva de suspeito de matar jornalista bajeense

Foto: Divulgação

DNA do suspeito foi encontrado em objetos no apartamento de Tagliene
DNA do suspeito foi encontrado em objetos no apartamento de Tagliene
A titular da 2ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), delegada Roberta Mariana Bertoldo da Silva informou que com a chegada de um laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) que confirma o DNA do suspeito de ter matado o jornalista , Tagliene Padilha da Cruz, 33 anos, no dia 23 de abril deste ano, irá pedir a prisão preventiva dele. O homem de 25 anos está preso temporariamente, por 30 dias, no Presídio Central de Porto Alegre.  
A delegada disse que está aguardando alguns laudos para conclusão do inquérito. Mais detalhes na edição impressa de amanhã do Jornal MINUANO. 


Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...