ANO: 25 | Nº: 6377

Márcia Dilmann Sousa

marciasifa@hotmail.com
24/05/2017 Márcia Dilmann Sousa (Fogo cruzado)

Antenor Teixeira: “Fiz uma campanha humilde e numa baita peladura”

Foto: Divulgação

Bajeense diz que tem convicção da seriedade da equipe responsável pelas finanças da campanha
Bajeense diz que tem convicção da seriedade da equipe responsável pelas finanças da campanha

O vereador do PP Antenor Teixeira é um dos nomes que constam nas planilhas divulgadas pela empresa JBS. A informação foi publicada ontem pela Zero Hora. De acordo com a reportagem, o bajeense está entre os 106 candidatos gaúchos que receberam repasses da empresa. Desses, apenas dois não informaram à Justiça Federal os valores que constam na tabela. Um deles teria sido o bajeense.

A informação é que nas eleições de 2008, quando Teixeira concorreu a prefeito de Bagé, ele teria ganho R$ 60 mil do grupo JBS. Zero Hora diz que nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) consta que a empresa repassou R$ 30 mil ao bajeense.

O que diz o progressista

O vereador afirmou que nunca tratou sobre as questões financeiras da campanha. Conforme o progressita, tinha uma equipe responsável por essa parte. "Tenho convicção da seriedade dessa equipe, fiz uma campanha humilde numa baita peladura", afirma. Segundo ele, as doações foram registradas na Justiça.

Teixeira pontua que não é nenhuma novidade que empresas do porte da JBS sejam doadoras de campanhas. Ele salienta que a equipe que tratava da parte financeira naquela campanha pediu doações para empresas do setor, já que ele é um político que tem como bandeira a defesa do agronegócio, há mais de 30 anos.

Para o MINUANO, o vereador disse que ao longo de sua trajetória política sempre colocou à disposição da Justiça o seu sigilo bancário e fiscal. "Deito a cabeça no travesseiro e durmo tranquilo, tenho plena convicção de que foi uma campanha humilde financeiramente e de votos", acentuou.

Antenor Teixeira concorreu a prefeito de Bagé em 2008. Ele disputou o pleito com Dudu Colombo (PT) e Fernandinho Teixeira (PMDB). O progressista ficou em terceiro lugar, com 6.964 votos.

Naquela eleição, o candidato à majoritária do PP era o médico Irio de Los Santos, que acabou abandonando a campanha por questão de saúde. O partido escolheu, então, Teixeira para concorrer na cabeça de chapa.

 

 

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...