ANO: 25 | Nº: 6400
27/05/2017 Cidade

Chuvas provocam alagamentos e destroem móveis

Foto: Tiago Rolim de Moura

Galeria passa por várias residências
Galeria passa por várias residências

O grupo que integra o Programa de Combate a Alagamentos (PCA), criado em março deste ano, está monitorando vários bairros da cidade devido às fortes chuvas que ocorrem desde sexta-feira no município. Até agora, foram registradas 68 ocorrências que estão sendo atendidas pelo Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb), Secretaria Municipal de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra) e Defesa Civil.  A Estação de Tratamento de Água (ETA) informou que os índices foram 85,4 milímetros em dois dias. O acumulado do mês de maio chegou a 249 milímetros de uma média histórica de 91,4 milímetros.

O secretário da Seinfra, Ronaldo Hoesel, e equipe, realizaram vários atendimentos na noite de quinta-feira. Um dos principais problemas foi registrado na rua Luiz Mércio Teixeira, onde há uma galeria pluvial que passa por baixo de várias residências.

No local, a água invadiu as casas e chegou cerca de um metro na parede em pelo menos cinco residencias. A galeria, está aberta no pátio do aposentado Joaquim Goulart que perdeu vários móveis com o alagamento. Na residência de Marcelo Lopes, o volume e intensidade da água deixaram a calçada “oca” e com possibilidade de ruir a qualquer momento.

Segundo Jorge Alberto Correa  não é a primeira vez que isso acontece e em 2010 houve uma enxurrada mais forte que derrubou o muro de uma das casa. Conforme Sandro Scholant existe um abaixo-assinado com mais de 100 pessoas e uma ação na justiça pedindo que a galeria seja desviada da área das casas.

Na rua Venâncio Aires a situação também foi difícil. A dona de casa Arlete Machado Valim mora próximo a ponte em um sobrado e teve que retirar os móveis da parte de baixo porque a cada chuva a situação se agrava. “As pessoas vem do centro para atirar lixo no arroio e a água fica sem vazão”, conta.

Busca de soluções

De acordo com Hoesel, já foi solicitada a vistoria da rua Luiz Mércio Teixeira aos engenheiros da   Secretária Municipal de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos (Geplan) para que sejam tomadas medidas para resolver o problema no local. Além disso, o secretário salienta que as equipes da Seinfra estão recorrendo os bairros  durante a noite com o intuito de minimizar a situação.

Integram o PCA a Seinfra,  Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Proteção ao Bioma Pampa (Semapa), Geplan,  A Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso (Smasi) e Daeb. Também fazem parte do grupo, a Defesa Civil, Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Exército e Corpo de Bombeiros. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...