ANO: 25 | Nº: 6401
01/06/2017 Cidade

Dia do Desafio mobiliza bajeenses

Foto: Glauber Pereira

Na Urcamp, atividades ocorreram no saguão central
Na Urcamp, atividades ocorreram no saguão central

O 22º Dia do Desafio movimentou os bajeenses ontem. Empresas, universidades, escolas e outras entidades se engajaram na iniciativa do Serviço Social do Comércio (Sesc). A quarta-feira fria e cinzenta não foi empecilho para as atividades físicas.

Na Praça de Esportes, foram realizados minijogos de hóquei e basquete e salto em altura. Também teve um parque de brinquedos infláveis, além de aulas de artes marciais e ginástica, oferecidas pela Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). No Ginásio Presidente Médici (Militão), ocorreram torneios de futebol e futsal. O ginásio do Sesc sediou torneios de futsal e vôlei.
No fim da tarde, teve a rústica de 4Km, além de uma caminhada de 2Km e uma pedalada que partiu da praça até o Posto Internacional. As atividades se estenderam das 7h às 20h. A abertura aconteceu às 9h e contou com uma homenagem aos professores de Educação Física de todas as escolas da cidade.

Pelo período da manhã, o Sesc promoveu o evento nas empresas e escolas. Aquelas que aceitaram participar, se encarregaram de criar os seus desafios dentro das próprias instituições. Uma delas foi a Universidade da Região da Campanha (Urcamp), que propôs aulas de ginástica laboral e de tai chi chuan no saguão do campus central, respectivamente ministradas pela aluna do curso de Fisioterapia, Letícia Janzen, 23 anos, e pelo funcionário da universidade, Sidnei Miranda, 46 anos.

Segundo o professor do curso de Fisioterapia da Urcamp Ricardo Ribeiro, o Dia do Desafio ajuda a população a se conscientizar da importância de praticar exercícios físicos. "As pessoas precisam dedicar algum horário do seu tempo para atividades físicas, é uma necessidade hoje", declara.

A 22ª edição do Dia do Desafio, evento internacional, promovido no Brasil pelo Sesc, tem a intenção de mobilizar a população a fazer exercícios físicos. Dentro do projeto, duas cidades competem para saber qual consegue o maior número de participantes. Neste ano, Bagé enfrentou a cidade Estelí, da Nicarágua. Até o fechamento desta edição, não havia sido divulgada a cidade vencedora.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...