ANO: 24 | Nº: 6161
03/06/2017 Segurança

Região receberá cinco novos policiais civis

Foto: Divulgação

Solenidade ocorreu na manhã desta sexta-feira
Solenidade ocorreu na manhã desta sexta-feira

Na manhã de ontem, a Policia Civil formou 223 escrivães e inspetores em uma cerimônia em Porto Alegre. Concluíram o curso de formação profissional da Academia de Polícia Civil (Acadepol) 111 inspetores e 112 escrivães. 

Os formandos homenagearam o governador José Ivo Sartori, eleito patrono das duas turmas. O paraninfo foi o chefe da Polícia Civil, delegado Emerson Wendt. "Minha saudação aos formandos pela dedicação, pelo trabalho árduo para chegar a este momento. Escrivães e inspetores têm um papel importante no combate aos crimes. A sociedade gaúcha conta com o trabalho de vocês", afirmou o governador, ao saudar os formandos.

 O secretário estadual de Segurança, Cézar Schimer, lembrou o esforço que o governo está fazendo para recuperar o número do efetivo da Polícia Civil. "Mesmo que nós quiséssemos chamar mais concursados, não poderíamos. Todo o banco de concursados, de todas as instituições da segurança pública, já foi chamado. E tão logo a Assembleia Legislativa vote os projetos da Segurança, o governador vai chamar o maior concurso para a Segurança Pública já feito no Rio Grande do Sul", disse.  

O chefe de Polícia, Emerson Wendt, afirmou que a formatura é um ato concreto de reposição do efetivo e de reforço do aparato policial de investigação criminal. "Os novos agentes devem ir para as áreas de maior carência e locais com maior incidência de criminalidade", afirmou. De acordo com Wendt, metade das nomeações é para o interior.

O curso de formação profissional da Academia de Polícia Civil tem 930 horas/aula. Entre as disciplinas estão técnicas de investigação policial, inteligência, tiro policial e defesa pessoal, técnicas em operações policiais e legislações diversas. Todos têm Nível Superior. Os novos policiais estão aptos para nomeação e posse, previstas para ocorrer ainda neste mês.

Reforços

Os 223 escrivães e inspetores formados somam-se aos 220 formados em janeiro deste ano. Destes, 219 já foram nomeados. Outros 100 inspetores e 15 escrivães estão em formação, com previsão de conclusão de curso em novembro de 2017.

O titular da 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil, delegado Luís Eduardo Benites, contou que na região virão desta turma cinco policiais civis. “Quatro policiais irão para Dom Pedrito e um para Pinheiro Machado, estávamos com uma grande defasagem nas delegacias destes municípios, ainda não é o suficiente, mas é um alento”, comentou.

 

 

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...