ANO: 24 | Nº: 6038
03/06/2017 Esportes

Riograndense desiste da Segunda Divisão e não será substituído

Foto: Antônio Rocha

Time de Santa Maria iria enfrentar jalde-negro no domingo
Time de Santa Maria iria enfrentar jalde-negro no domingo

O clube Riograndense divulgou, por meio da sua página oficial do Facebook, ter comunicado à Federação Gaúcha de Futebol (FGF) a desistência da Segunda Divisão. A fase classificatória do campeonato foi encerrada na semana passada. O clube estava entre os seis melhores de seu grupo. A segunda fase do campeonato começa neste final de semana, quando o time jogaria, em casa, contra o Bagé. 

Em nota, o clube justificou que desistiu do campeonato, porque o Estádio dos Eucaliptos não foi liberado para jogos nem com portões fechados. Com a falta de lugares em Santa Maria, o elenco precisaria viajar para realizar todos os jogos. “O Riograndense Futebol Clube vem por meio deste ofício informar que, devido a não liberação do Estádio dos Eucaliptos para realização de partidas com os portões fechados, ou outro local disponível para a realização de partidas em Santa Maria (não possuímos o compromisso por parte do cedente de realizar o restante dos jogos no estádio Presidente Vargas até este exato momento), pelos fatos acima citados, a equipe informa que, infelizmente, não poderá mais participar da Segunda Divisão”.
O MINUANO tentou entrar em em contato com a direção. Quem atendeu a ligação foi um funcionário do clube que apenas confirmou as dificuldades financeiras e falta de apoio. 

Debandada

Nos primeiros sete jogos, o Riograndense teve seis derrotas e um empate. Após a saída de Michael Bom, o técnico Leonardo Ribeiro assumiu e o grupo conseguiu alcançar a classificação. Na quinta-feira, logo após o anúncio de Ribeiro da sua saída do clube, outros jogadores também optaram por deixar a equipe.

O que diz regulamento

Segundo o regulamento da Segunda Divisão, disponível no site da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), o time que desistir “fica impedido de participar das competições organizadas pela entidade, nos anos de 2018 e 2019, independente das demais penas previstas no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e multado com a importância de R$ 10.000 a R$ 100.000”. A situação deve ser relatada ao Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS) para julgamento.

A FGF confirmou a desistência e informou que todos os jogos do clube serão cancelados. O Riograndense também não será substituído nesta segunda fase e a tabela de jogos permanece a mesma. O Grupo C, que inclui o Bagé, continuará com cinco times buscando a classificação – entre os quatro melhores.

 Bagé seria o adversário

O próximo jogo do jalde-negro seria, justamente, contra o Riograndense. O Bagé teria a partida fora de casa, às 15h de domingo. Com o jogo cancelado, o time terá mais tempo para os treinamentos. A próxima disputa está marcada para o dia 7 de junho, no Estádio Pedra Moura, contra o Novo Horizonte.

O treinador Paulo de Freitas relatou que, até este sábado, o grupo fará treino com bola, trabalho tático e técnico. Os nomes devem ser confirmados na segunda-feira.

Sobre o fato, o presidente do clube bajeense, Rafael Alcalde, comenta que entende a situação do time de Santa Maria. O dirigente comenta que o custo para a manutenção da estrutura dos estádios é grande, além de outros gastos como os seguranças particulares.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...