ANO: 24 | Nº: 6108

Rochele Barbosa

rochelebarbosa@gmail.com
Jornalista formada pela Universidade da Região da Campanha. Responsável pela produção e reportagem do caderno de Saúde do Jornal MINUANO
05/06/2017 Caderno Minuano Saúde

Florais: medicamentos para as emoções

Foto: Rochele Barbosa/Especial JM

Sistema Floral de Bach
Sistema Floral de Bach

A terapia floral é um método vibracional complementar e é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Trata desarmonias emocionais e mentais, que se refletem nas mais variadas formas de sintomas no corpo. Por ser um método complementar, pode ser associada a qualquer procedimento terapêutico físico ou psíquico, acelerando, dessa forma, o processo curativo da consciência, pois age na causa das doenças e não nos sintomas. Caso a pessoa esteja em tratamento médico, não deve interromper a medicação que estiver sendo usada.
As essências florais dão apoio energético ao processo de recuperação da saúde como todo, melhorando a harmonia interior.
A terapia floral não substitui os tratamentos médicos e psicoterapêuticos convencionais ou alternativos, mas complementa-os.
Essa terapia foi redescoberta, pesquisada e sistematizada pelo médico inglês Edward Bach, que ensinou como utilizar a energia das flores para acordar as virtudes sublimes da alma e, assim, reequilibrar o ser interior. Suas essências são conhecidas como Sistemas Florais de Bach. A partir deste sistema, em muitos outros países, surgiram novos sistemas florais.
Nesta edição, a farmacêutica e especialista em terapia floral e homeopatia Ana Lúcia Garrastazu Pereira explica como funciona o sistema.

Energia no tratamento da alma

Mais de mil florais podem ser encontrados para o tratamento das emoções. Os extratos das essências são retirados de diversas flores.

Os primeiros desenvolvidos são os florais de Edward Bach - existem 38 remédios no sistema floral. Todos foram descobertos entre os anos 20 e 30 do século passado pelo médico bacteriologista e patologista.

Cada um de seus remédios está associado a uma emoção. Mimulus, por exemplo, representa o tipo de emoção sentida quando a pessoa está ansiosa ou com medo de algo em particular. Tomar esse remédio, segundo Bach, ajudaria a ultrapassar o medo e a encontrar a coragem necessária para enfrentar esse fator específico.

Bach concebeu o sistema floral com o objetivo de ser, acima de tudo, simples. A maioria dos remédios é vendida em concentrados líquidos e o conceito dessa terapia é que, misturando os remédios apropriados, possa ser encontrada uma fórmula que corresponda ao estado emocional do momento.

De acordo com a farmacêutica e terapeuta floral, Ana Lúcia Garrastazu Pereira, os florais são os medicamentos da alma, tratam as emoções. “Doutor Bach dizia que o ser humano poderia se autocurar e, através do autoconhecimento, as pessoas poderiam se sentir aliviadas e não teriam mais dor. Em outras palavras, uma vida emocional sã e uma personalidade equilibrada permitirão ao corpo encontrar seu estado de saúde e bem-estar natural”, relata.

Ana Lúcia destaca que é necessário uma avaliação com um terapeuta floral para que se possa indicar o medicamento correto.  “Cada ser humano é único, então temos que fazer uma anamnese (histórico de todos os sintomas narrados pelo paciente) e então buscar compilar as flores necessárias para cada um, ou seja, há alguns que podem ser comprados no geral, mas o melhor é consultar com um especialista”, explica a farmacêutica.

A profissional ressalta que as pessoas procuram a terapia floral, às vezes, por indicação de psicólogos, médicos, professores, dentistas e nutricionistas e sempre é eficaz.


Práticas integrativas complementares

A terapia floral faz parte das Práticas Integrativas Complementares de Saúde, reconhecidas pelo Ministério da Saúde.

Conforme a terapeuta, os florais não substituem os medicamentos convencionais. “Para a parte física, usam-se os medicamentos, pois os florais são para as emoções. Um não substitui o outro”, ressalta.

A especialista também salienta que, antes de chegar ao ponto alto da depressão, os florais ajudam a reorganizar internamente os sentimentos. “Cansaço, raiva, uma perda (morte de familiares, amigos), correria do dia a dia e medos são alguns processos que podem ser minimizados com a terapia floral. Os benefícios são imensos. Não há contraindicação. Gestantes, crianças, idosos, animais e até plantas podem se beneficiar com o uso dos florais”, informa.

Ana Lúcia comenta que há diversas formas de utilizar os florais. “Para os bebês, por exemplo, podem ser colocados na água do banho. Há cremes para o corpo, sprays para ambientes e soluções orais”, observa.

Existem diversos sistemas florais - o pioneiro é o de Bach. A farmacêutica relata que há, também, do Sul, os da Califórnia, australianos, de Minas e de Saint Germain, entre outros. “Trabalho com três deles, os do sul, de Minas e de Bach, pois foi neles que me especializei e trabalho há muitos anos. São compostos concentrados que auxiliam nos choques, traumas, medos, cansaços, ansiedades e estresse”, acrescenta.

  

Conheça as essências florais criadas por Dr. Bach

Para transformar seus medos, há cinco tipos indicados por Bach são eles - Aspen, Cherry Plum, Mimulus, Red Chestnut e Rock Rose.

Para viver o presente – Chesnut bud, Clematis, Honeysuckle, Mustard, Olive, White Chestnut, Wild Rose.

Para interagir com outros – Heather, Impatiens, Water Violet.

Ter segurança no agir e no pensar – Hornbeam, Gentian, Gorse, Scleranthus, Wild oat e Cerato.

Saída para o sofrimento – Crab Apple, Elm, Larch, Oak, Pine, Star of Bethlehem, Sweet Chestnut e Willow.

Para que viva e deixe viver – Beeh, Chicory, Rock Water, Vervain e Vine.

Seja você mesmo – Agrimony, Centaury, Holly e Walnut.

A profissional enfatiza que o importante é consultar um terapeuta floral. “Em Bagé, há vários profissionais capacitados que podem auxiliar nesses tratamentos para a emoção”, informa Ana Lúcia.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...