ANO: 25 | Nº: 6332
07/06/2017 Editorial

Apae precisa de auxílio

Uma das mais importantes entidades de assistência social na cidade, a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) necessita do auxílio dos bajeenses. Na edição do dia 22 de maio deste ano, o MINUANO publicou reportagem sobre os problemas financeiros enfrentados pela instituição, que atende em torno de 350 pessoas e tem 140 na fila de espera. A Apae está com um deficit de R$ 20 mil mensais. Na ocasião, a gerente da Apae, Fernanda Oliveira, informou que a folha de pagamento é de R$ 35 mil, fora os encargos sociais. O Sistema Único de Saúde (SUS) cobre R$ 26 mil deste valor. Ela contou que a entidade oferece 19 especialidades e o SUS paga somente seis. É indiscutível o quão a inclusão social é importante para tanta gente que necessita da assistência da Apae. Não é somente o assistido que é beneficiado, mas os familiares também. Portanto, cabe não só ao poder público, mas que cada um ache meios para auxiliar essa entidade que faz a diferença para tantas vidas. E uma dessas oportunidades é hoje, quando acontece o pedágio da Apae nas ruas da cidade. O que for arrecadado com essa ação vai servir para ajudar a minimizar a crise financeira que a entidade enfrenta.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Outras edições

Carregando...