ANO: 25 | Nº: 6262
08/06/2017 Cidade

Aprovado novo regulamento do transporte intermunicipal de passageiros

Foto: Tiago Rolim de Moura

Medida atinge região que tem como cidade-polo Bagé
Medida atinge região que tem como cidade-polo Bagé

O governo do Estado aprovou o conjunto das diretrizes que orientam o novo modelo do Sistema Intermunicipal do Transporte de Passageiros de Longo Curso do Rio Grande do Sul. Com a emissão do decreto do governador José Ivo Sartori, a Secretaria dos Transportes e o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) estão aptos a fazer os ajustes finais para a licitação das novas linhas de ônibus e da concessão de estações rodoviárias.

O novo sistema divide o Estado em 14 mercados, que serão atendidos por uma ou mais empresas reunidas em consórcio. “Cada mercado terá linhas que fazem o transporte até Porto Alegre, entre regiões diferentes e de um município a outro dentro da mesma região”, esclarece o diretor de Transportes Rodoviários do Daer, Lauro Hagemann. “Todos os itinerários serão preservados. A mudança consiste na distribuição dos contratos, uma vez que eles deixarão de ser firmados por linha e abrangerão toda a área correspondente ao mercado, o que resultará em um melhor atendimento aos passageiros.”
O dirigente destaca que a qualificação do serviço ocorre a partir da incorporação de novas tecnologias que permitirão o acompanhamento em tempo real da operação das linhas. “Assim que a legislação estiver plenamente aplicada, implantaremos a bilhetagem eletrônica e o monitoramento da frota via uma central”, detalha. “A utilização desses mecanismos fará o diferencial nesse sistema que já é bem avaliado pela população gaúcha.”
O novo regulamento possibilita, ainda, a criação de agências rodoviárias. Esses locais funcionarão como pontos de venda de passagens e despacho de encomendas. “Esse é um dos principais ganhos dessa reorganização do transporte coletivo: garantir o atendimento à população até mesmo em municípios menores, onde a administração de uma estação rodoviária não encontra interessados ou não se mostra financeiramente viável”, complementa o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen. “Mesmo com estruturas mais simples, essas agências estarão conectadas ao sistema de transporte, fazendo com que o usuário esteja atualizado quanto à disponibilidade de horários e poltronas nos ônibus.”
Antes da publicação, o edital será encaminhado para análise da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e, posteriormente, para homologação da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs). Após essas etapas, o texto irá para a Central de Licitações do Estado (Celic) para que seja aberto o processo licitatório.

Os 14 mercados
- Campanha (cidade-polo: Bagé);
- Central (cidade-polo: Santa Maria);
- Costa Doce (cidade-polo: Pelotas);
- Fronteira Oeste (cidade-polo: Uruguaiana);
- Hortênsias (cidade-polo: Gramado);
- Litoral Norte (cidade-polo: Osório);
- Missões (cidade-polo: Ijuí);
- Norte (cidade-polo: Carazinho);
- Planalto (cidade-polo: Passo Fundo);
- Serra (cidade-polo: Caxias do Sul);
- Sul (cidade-polo: Rio Grande);
- Vale do Jacuí (cidade-polo: Santa Cruz do Sul);
- Vale do Taquari (cidade-polo: Lajeado);
- Vinhedos (cidade-polo: Bento Gonçalves). 

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...