ANO: 24 | Nº: 6162
08/06/2017 Cidade

Caminho da Luz busca soluções para enfrentar dificuldades

Foto: Tiago Rolim de Moura

Prédio ainda não atende demandas especiais das crianças
Prédio ainda não atende demandas especiais das crianças

Com atendimento de cerca de 400 crianças da região, a Escola de Educação Especial Caminho da Luz está passando por diversas dificuldades para se manter em atividade. Segundo o vice-presidente da União Espírita Bajeense – Caminho da Luz, Ruibar Beroci Leite Freitas, desde o início do ano, a instituição está tentando negociar a questão da renovação dos convênios com o município, que estão em conflito com a nova legislação municipal.

Freitas informa que a estrutura da instituição precisa de uma reforma visando a acessibilidade para os alunos. Já foi feito um projeto de adaptação do prédio com consulta popular, porém não foi aprovado pela Secretaria de Obras do Estado. A entidade já pensou em se regionalizar oficialmente para pedir o apoio de outros municípios.  

Além de Bagé, o Caminho da Luz atende crianças de Aceguá, Hulha Negra, Candiota, Lavras do Sul e Dom Pedrito. O vice-presidente da entidade acredita que se regionalizar oficialmente as atividades do órgão seria possível angariar fundos ao pedir o apoio de outros municípios atendidos. A entidade conta com a escola de educação especial e uma clínica de diagnóstico e tratamento de reabilitação, prestando serviços de psiquiatria, psicologia, fonoaudiologia, psicomotricidade, serviços sociais, ecoteca, fisioterapia, hidrocinesioterapia e aulas de natação.

Atualmente, a equipe da entidade tem a intenção de intensificar o serviço de telemarketing para ampliar, em pelo menos 50%, os seus recursos. A instituição também participa como uma opção de empresa a ser beneficiada pelo programa nota fiscal gaúcha. 

Freitas conta que a escola aceita todos os tipos de contribuição, inclusive recebe doações pelo Fundo do Conselho da Criança e do Adolescente, através do imposto de renda, onde o dinheiro que seria enviado ao governo pode ser doado para entidades beneficentes e projetos culturais. "Toda e qualquer doação sempre é bem-vinda", declara.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...