ANO: 25 | Nº: 6208
09/06/2017 Esportes

Jalde-negro derrota Novo Horizonte por 3 a 0

Foto: Tiago Rolim de Moura

Bagé marcou todos os gols no primeiro tempo
Bagé marcou todos os gols no primeiro tempo

O técnico Geverton Duarte estreou com goleada no comando do Bagé. O time enfrentou o Novo Horizonte na noite de quarta-feira, no Estádio Pedra Moura. O jogo foi a primeira partida jalde-negra pela segunda fase da Segunda Divisão de 2017. O treinador, que já havia atuado no clube em 2007, foi contratado após a demissão de Paulo de Freitas e chegou ainda durante a tarde.

Na quarta-feira, aconteceu a disputa entre Sapucaiense e Rio Grande. O Vovô venceu por 1 a 0. Até agora, o jalde-negro é o líder, com três pontos e saldo de três gols. Internacional é o segundo, com uma vitória, e saldo de um gol. Rio Grande também soma três pontos, mas tem saldo zerado. Sapucaiense e Novo Horizonte tem apenas um empate e estão na quarta e quinta colocação, respectivamente.

O próximo desafio do Bagé está marcado para às 11h de domingo, contra o Sapucaiense, no Estádio Arthur Mesquita Dias.

Treinador

Geverton Duarte elogiou a equipe e o trabalho realizado até agora. “Vamos simplificar e fazer o melhor possível”, disse. O grupo retomou as atividades na tarde de ontem. Duarte relatou que vai continuar dando atenção à posse de bola e, um de seus trabalhos será para diminuir o número de passes errados.

Partida

A goleada foi decidida logo no começou do jogo. O time da casa foi superior ao longo de todo o primeiro tempo. O Bagé atacou, criou chances e, logo aos 10 minutos, Castilho abriu o placar. O jalde-negro continuou com tranquilidade enquanto o Novo Horizonte concentrava sua preocupação na defesa do time.

Quatro minutos depois, o mesmo camisa nove ampliou e fez 2 a 0. Antes do terceiro gol, Wesley também fez duas defesas para o jalde-negro. Aos 27 minutos, Jefferson finalizou o placar: 3 a 0. O time ainda teve chance de ampliar, com uma bola de Ângelo, que parou no travessão.

No segundo tempo, o visitante conseguiu atacar mais e criar oportunidades de diminuir a diferença. O jogo também foi um pouco mais rápido na etapa complementar, mas sem gols. A partida teve, no total, nove cartões amarelos entre as duas equipes.

Escalações:

Bagé: Wesley, Diego, Rafael, Matheus, Evandro (Vitor), Ângelo, Wan Silva (Valdeir), Castilhos (Wesley), Bruno, Gustavo, Jefferson.

Novo Horizonte: Ítalo, Erick (Lucas), Formiga, Paulinho, Michael, Denner, Alisson, Emerson, Leandro (Leiker), Jota, Everton (Tuta).

Arbitragem:Rafael Klein, Haury Temp, Ismael Fabiano, Geovane Luís da silva, Paulo Ricardo Camacho.

Cartões amarelos Bagé: Gustavo Nogy, Diego, Valdeir, Vitor.

Cartões amarelos Novo Horizonte: Denner, Alisson, Paulinho, Emerson, Michael.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...