ANO: 24 | Nº: 5985
15/06/2017 Cidade

Empresas que devem ICMS em Bagé devem ser fiscalizadas em operação da Receita Estadual

Foto: Divulgação

Na terça-feira, a Receita Estadual realizou, em 21 cidades do Estado, a Operação Concorrência Leal, que busca regularizar a situação de empresas que estão em situação irregular, com sonegação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS). Ao todo, foram 30 estabelecimentos fiscalizados e notificados. O objetivo da operação é recuperar mais de R$ 120 milhões que foram sonegados dos cofres públicos pelas empresas do Estado.

A Receita Estadual de Bagé, que é responsável por toda a região, realizou a operação apenas em Rosário do Sul, mas adianta que as empresas da Rainha da Fronteira podem ser fiscalizadas na operação em breve.

A ação envolve profissionais de todas as 14 Delegacias da Receita Estadual espalhadas pelo Estado, contando com a participação de 126 auditores fiscais e 28 técnicos tributários, além de policiais militares, com utilização de 18 viaturas volantes.

A delegada da 12ª Receita Estadual, Clarissa Rezende Curra, destaca que, neste primeiro momento, apenas empresas de Rosário do Sul foram notificadas, mas as empresas em situação irregular em Bagé devem ser visitadas em uma próxima fase da operação, sem data definida.

Porém, antes disso, a delegacia deve concentrar esforços em uma nova operação contra a inadimplência do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que, em Bagé, soma 11,5% dos veículos em circulação.

 

 

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...