ANO: 25 | Nº: 6400

Márcia Dilmann Sousa

marciasifa@hotmail.com
26/06/2017 Márcia Dilmann Sousa (Editorial)

Simpósio da soja expande conhecimentos

A soja é um dos principais produtos que está entre os líderes de exportação do Brasil. De acordo com informações da Embrapa Soja, o País é o segundo maior produtor mundial da oleaginosa, o primeiro é o Estados Unidos. Segundo a unidade de pesquisa, na safra de 2015/2016, a cultura ocupou uma área de 33,17 milhões de hectares, o que totalizou uma produção de 95,63 milhões de toneladas. A produtividade média da soja brasileira foi de 2.882 quilos por hectare. A produção de soja foi a que mais avançou no Rio Grande do Sul nos últimos anos. E na região da Campanha esse cenário não é diferente. Os campos do pampa gaúcho, outrora ocupados pela pecuária e com grandes extensões de arroz, agora dão lugar a soja, que é uma cultura nova por aqui. O crescimento da demanda do mercado externo e os altos preços recebidos pelos produtores são os maiores incentivadores para que essa cultura venha se consolidando. De olho nesse novo cenário, uma iniciativa da Associação e Sindicato Rural de Bagé expande mais os horizontes no que diz respeito a produção da soja. Trata-se do Simpósio Produção de Soja na Região da Campanha, que chega ao quarto ano consecutivo. O evento traz para a cidade palestrantes renomados, que conhecem com profundidade o setor. A palestra da senadora Ana Amélia Lemos (PP) marca a abertura oficial do evento hoje à noite. O simpósio encerra na próxima quarta-feira. Como já é de praxe nesses quatro anos, o MINUANO publica um caderno especial sobre o Simpósio Produção de Soja na Região da Campanha com a palavra do anfitrião do evento, o presidente da Associação e Sindicato Rural de Bagé, Rodrigo Móglia, entrevistas com os palestrantes convidados e a programação do simpósio.

 

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...