ANO: 25 | Nº: 6403
27/06/2017 Cidade

Eleições de diretoria do Cpers acontecem hoje e amanhã em todo o Estado

Foto: Carol Ferraz/ Especial JM

Momento turbulento será marcado por troca de diretoria do sindicato que representa a categoria
Momento turbulento será marcado por troca de diretoria do sindicato que representa a categoria

Entre hoje e amanhã, a movimentação será de escolha da nova presidência e diretoria do Cpers/Sindicato em todo o Estado, inclusive no 17º Núcleo, que atende Bagé e região. Em um período em que a categoria sai às ruas com frequência, reivindicando o pagamento do piso para os profissionais da educação, os professores elegem seus representantes, que serão responsáveis por levantar as bandeiras de luta até 2020.

De acordo com a presidente da Comissão Eleitoral do 17º Núcleo, Marlene Freitas, três chapas disputam a diretoria, que abrange os municípios de Caçapava do Sul, Lavras, Pinheiro Machado, Bagé, Dom Pedrito, Candiota, Hulha Negra e Aceguá. Ao todo, são esperados 2,1 mil profissionais para o pleito, que conta com 36 urnas, sendo que as instaladas na sede do sindicato são eletrônicas e as demais, espalhadas por 36 escolas da região, são urnas tradicionais de lona, além de uma urna volante, que deve dar direito de voto aos profissionais que não têm como se locomover até os locais de votação.

Em Bagé, as urnas estarão instaladas nos seguintes locais: Núcleo do Cpers/Sindicato, urna volante, E.E. Carlos Kluwe, E.E. Senador Getúlio Vargas, E.E. Frei Plácido, E.E. Justino Costa Quintana, E.E. Luiz Mércio Teixeira, E.E. Julinha Taborda, E.E. Mário Olivé Suñé, E.E. Silveira Martins, E.E. Monsenhor C. Hipólito, E.E. Luiza Maria Ferraz (CIEP), E.E. José Gomes Filho, E.E. Farroupilha, E.E. Waldemar Amoretty Machado e E. E. Prof Leopoldo Maieron (Caic).

Para votar, é necessário estar filiado ao sindicato pelo menos até dia 28 de abril deste ano, quando for ingresso, e 28 de março de 2017 quando for reingresso. No momento da votação é necessário apresentar documento de identidade e a carteira de sócio da entidade. Os educadores poderão votar em seus núcleos ou nas escolas de suas regiões, entre 8h e 22h nas instituições que têm três turnos e, nas demais escolas, nos turnos regulares de funcionamento.

O Estatuto do Cpers/Sindicato, o regimento interno das eleições 2017/2020 e a Cartilha Eleitoral estão disponibilizados nos núcleos e nos meios eletrônicos do sindicato.

A nível estadual, quatro chapas concorrem à direção central. A Chapa "A categoria em primeiro lugar, unida para lutar – oposição", sob a presidência de Rejane Silva de Oliveira; Chapa "Cpers Unido e Forte", com a candidata a presidente Helenir Aguiar Schürer; Chapa "Construção pela Base – por um Cpers organizado pela base e de luta pelo socialismo", com Lucas Cortozi Berton como presidente; e Chapa 5 "Lutar sempre", sob a presidência de Tânia Mara Magalhães Freitas.

 

BOX

Três chapas disputam direção do 17º Núcleo

Chapa 1: “A categoria em primeiro lugar – A luta deve continuar”, que tem como diretor-geral Gerson Luis Yamin, Jackson da Silva como vice-diretor, José Carlos Batista de Lira como secretário e Lúcia Helena Correa como tesoureira.

Chapa 2: “Renova 17º Cpers Unido e Forte”, que tem Delcimar Vieira como diretor-geral, Leandro de Dias Lopes como vice-diretor, Mara Rosane Ritta como secretária e Caiçara Marques Leal como tesoureira.

Chapa 3: “Unidos para Lutar”, que tem Alana Espinosa Nunes na direção, Fernanda de Almeida na vice-direção, Marcos Rosa Mesquita como secretário e Luis César Rodrigues Jacinto como tesoureiro.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...