ANO: 24 | Nº: 5986
30/06/2017 Campo e Negócios

Largada da Marcha da Integração acontece amanhã

Foto: Divulgação

Prova avalia resistência e rusticidade
Prova avalia resistência e rusticidade

Neste sábado, ocorre a largada no Parque Doutor Lauro Dornelles, em Alegrete, da décima sexta Marcha de Integração. Desde o dia 1º de junho, 37 animais que deverão participar da prova estão concentrados na Reconquista Agropecuária, onde foram revisados, e ocorreu um balanço da saúde com exames de frequência cardíaca e respiratória, verificação de mucosa e nível de hidratação do exemplar.

A concentração tem por objetivo equiparar o preparo de cada animal e que todos tenham as mesmas condições na hora da largada. Durante o período de 15 dias, os conjuntos participantes do evento, que é promovido pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), percorrerão 750 quilômetros divididos em 15 etapas, sendo quatro reguladas, oito semi-reguladas e três livres. No percurso, são acompanhados por membros de uma comissão veterinária e supervisão técnica. 

Inspirada nas lidas campeiras das estâncias, quando os cavalos trabalhavam até 15 dias consecutivos e percorriam, em média, 50 quilômetros diários, a marcha é uma prova que visa avaliar a rusticidade, resistência e capacidade de recuperação do Cavalo Crioulo. Criada em 1971, é a disputa funcional mais antiga da entidade e junto ao Freio de Ouro e Morfologia formam o tripé seletivo da raça Crioula no Brasil.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...