ANO: 24 | Nº: 6039
07/07/2017 Fogo cruzado

Convênio vai viabilizar construção de ETA em Candiota

Foto: Raíssa Vargas/Especial JM

Santos e Stamm durante assinatura do convênio
Santos e Stamm durante assinatura do convênio

A construção da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) de Candiota será viabilizada através de um convênio assinado com a UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski), no valor de R$ 1,8 milhão. A estrutura, que será construída em Dario Lassance, terá capacidade para o tratamento de 216 metros cúbicos (m³) de água por hora. Com base nas projeções de crescimento do município, a prefeitura calcula que a ETA deve suprir a demanda dos próximos 20 anos. "Trabalhamos muito para que esse projeto saísse e hoje somos gratos a essa parceria com a Pampa Sul, pois é mais um anseio da comunidade que vamos atender", afirmou o prefeito Adriano dos Santos, do PT.
Através do convênio, a UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski) é a responsável pela elaboração do projeto, contratação da empresa responsável pela execução da obra e fiscalização do andamento do trabalho. A administração municipal será a responsável pelo fornecimento da área, manutenção e operação da ETA, quando ela estiver concluída, conforme detalha o gerente socioambiental da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski), Hugo Roger Stamm. A fabricação e pré-montagem dos equipamentos já foi iniciada. Após, será realizada a montagem no local, de acordo com orientações da prefeitura de Candiota e as especificações técnicas do contrato.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...