ANO: 26 | Nº: 6524
07/07/2017 Campo e Negócios

Estado quer modernizar a pecuária de corte

Foto: Arquivo JM

Uma das sugestões é a criação do selo de qualidade da carne
Uma das sugestões é a criação do selo de qualidade da carne

Representantes de entidades ligadas ao setor animal se reuniram com o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo. O objetivo foi discutir a modernização da pecuária de corte gaúcha.

Durante o encontro foram debatidas formas para alavancar a produção de carne, valorizando sua qualidade com agregação de valor.

Foi discutida a criação de uma agência ou centro de inteligência da carne, coordenado pelo setor privado, instrumento que trabalharia aspectos gerais para modernização da pecuária de corte. Entre os assuntos discutidos está a criação do selo de qualidade da carne gaúcha, cujo objetivo é garantir qualidade e agregar. Presente no encontro, o vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Pereira, afirmou que virtude do clima propício para várias raças, a carne gaúcha é uma das melhores do mundo.

Outra demanda a ser discutida dentro centro de inteligência será a criação de linhas de crédito junto ao Banrisul, Badesul e Banco Regional de Desenvolvimento Econômico (BRDE), que proporcionariam às empresas, especialmente as de pequeno porte, acesso a financiamento para que possam se modernizar.

De acordo com Polo, a agência ou centro de inteligência é importante para traçar planos para modernizar nossa pecuária de corte, tornando a carne gaúcha ainda mais valorizada e com totais condições de competir dentro do mercado nacional e internacional. “O selo comprovaria a qualidade e identificaria nosso Estado".

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...