ANO: 25 | Nº: 6358
13/07/2017 Segurança

Homem é morto a facadas em Bagé

Foto: Antônio Rocha

Residência onde ocorreu o crime
Residência onde ocorreu o crime

Na noite de terça-feira, o jovem Alexsandro Vargas Ferreira, 26 anos, foi encontrado morto, com o pescoço e tórax cobertos de sangue. O corpo estava no chão, ao lado da cama, em uma residência na rua Paulo Tuiti Camargo, entre os bairros Madezatti e Camilo Gomes. A perícia de Santana do Livramento chegou ao local por volta da 1h de quarta-feira. Esta foi a 11ª morte violenta em Bagé, em 2017.
Ferreira, que era solteiro, alugava o imóvel. Segundo o registro policial, o proprietário teve que entrar pela janela, pois a casa estava trancada. Os policiais militares foram chamados por volta das 21h20min. Eles encontraram uma faca ao lado do corpo da vítima.
Os policiais civis que estiveram no local para averiguar a situação informaram, no registro, que a televisão da casa estava em cima do sofá, fora do lugar correto, o que daria a impressão de que seria levada. O telefone e as chaves da vítima também não foram encontrados.
A polícia apreendeu uma mochila com alguns objetos. O delegado regional, Luis Eduardo Benites, caracterizou o crime como latrocínio (roubo seguido de morte). “Há vestígios de que queriam furtar alguns objetos. Agora o caso ficará com a Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec)”, disse.
O titular da delegacia, Cristiano Ritta, informou que os agentes estão ouvindo testemunhas. A investigação está em fase inicial. De acordo com a Brigada Militar, a porta dos fundos teria sido arrombada.
Segundo o médico-legista do Departamento Médico Legal, Leonardo Fernandez, Ferreira morreu devido uma facada nas costas, acertando o tórax. "Também havia uma facada superficial no pescoço da vítima, que não foi a causa da morte", completou. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...