ANO: 23 | Nº: 5691
17/07/2017 Cidade

Coptil inaugura primeira agroindústria de processamentos de hortifrutigranjeiros

Foto: Divulgação

Silos foram construídos com recursos do BNDES
Silos foram construídos com recursos do BNDES
Após dois anos de obras, a Cooperativa de Produção, Trabalho e Integração Ltda (Coptil) vai inaugurar a primeira unidade de recebimento, secagem e armazenagem de grão, da agroindústria de processamento de vegetais e da casa de extração de mel. A cerimônia de inauguração acontece no dia 19 de agosto, a partir das 9h, no Assentamento Conquista da Fronteira, em Hulha Negra.
De acordo com o gestor administrativo da Coptil, Emerson Capelesso, a agroindústria irá processar e armazenar vegetais minimamente processados para a elaboração de doces em conserva. O empreendimento, que custou cerca de R$ 220 mil, foi financiado com recursos do Fundo de Terras do Estado do Rio Grande do Sul (Funterra). Já os silos de armazenagem tiveram o financiamento de R$ 1,3 milhão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os projetos tiveram a contra partida dos cooperativados.
Capelesso salienta que, atualmente, a cooperativa conta com 140 associados. Com a inauguração da agroindústria, a Coptil deve atrair novos integrantes. “A intenção é potencializar a diversificação da produção e gerar emprego e renda para a região”, enfatiza.
O gestor informa ainda, que além da capacidade de conservar e armazenar os alimentos, também serão produzidos, no local, um kit sopa, alimentação escolar e compotas. Ele conta que já foram realizados testes do maquinário e os cooperativados estão aguardando a última vistoria da Secretaria Estadual da Saúde para iniciar as atividades.
A licença de operação dos silos já foi liberada. A agroindústria conta com a parceria da Emater e prefeitura de Hulha Negra.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...