ANO: 23 | Nº: 5789
17/07/2017 Fogo cruzado

Reconhecimento da Galponeira fica para depois do recesso

Foto: Arquivo JM

Evento foi criado na gestão de Mainardi
Evento foi criado na gestão de Mainardi
O projeto que reconhece a importância cultural do Festival de Música Nativista e Galponeira de Bagé, que está pronto para a pauta da Assembleia Legislativa, só deve ser votado após o recesso da Casa, que encerra no final de julho.
A proposta, de autoria do deputado Luiz Fernando Mainardi, do PT, tramita no parlamento gaúcho desde 2015. Se for aprovada, a lei não vai gerar despesas para o Estado. Para a Prefeitura de Bagé, o reconhecimento facilitará o processo de capitalização de recursos.
A matéria estabelece as mesmas condições aplicadas ao Festival Canto Moleque da Canção Nativa, de Candiota, com base em proposição apresentada por Zé Nunes, do PT, que foi sancionada pelo governador José Ivo Sartori, do PMDB, no ano passado.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...