ANO: 24 | Nº: 8084
21/07/2017 Cidade

Casa de Cultura recebe exposição de peças feitas a partir de lã

Foto: Augustho Soares/Especial JM

Leila trabalha há cerca de 40 anos com tecelagem
Leila trabalha há cerca de 40 anos com tecelagem

A Casa de Cultura Pedro Wayne recebe, a partir de amanhã, a exposição da artesã bajeense Leila Taborda, nomeada “Mãos que tecem”, onde estarão à mostra obras feitas artesanalmente, à base de lã, como mantas, cobertores e tapetes.
De acordo com a artesã, a exposição presta homenagem a três pessoas que fizeram parte da sua formação profissional de forma direta ou indiretamente. O primeiro homenageado será o alemão mestre em tecelagem Hans Kaufhold, responsável por modernizar e qualificar os profissionais bajeenses, no final da década de 1960, quando trouxe os teares de pedal para a cidade.
A segunda homenageada pela exposição será a mãe da artesã, Maria Antônia Taborda, que a motivou a aprender e praticar a tecelagem. “Ela sempre me incentivou a praticar e hoje esta é a minha profissão, com este trabalho eu pude criar meus filhos”, destaca.
A terceira pessoa a receber as honras desta exposição será a artesã Licie Hunsche, que dá nome ao ateliê em que Leila trabalha há 15 anos. Segundo Leila, o trabalho tem um pouco de cada um dos homenageados, com peças feitas com lã e tingimento natural, como tapetes, mantas para sofá e cama, ponchos e palas feitos artesanalmente com lã. A abertura da exposição será às 10h30min e ficará na Casa de Cultura até o dia 2 de agosto.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...