ANO: 26 | Nº: 6524
22/07/2017 Esportes

Jalde-negro a um jogo do Acesso

Foto: Antônio Rocha

Time precisa vencer por dois gols de diferença
Time precisa vencer por dois gols de diferença

O último treino do Bagé antes do jogo contra o Três Passos Atlético Clube (TAC), neste domingo, teve o foco em posicionamento e bola parada. O técnico Geverton Duarte afirmou que a escalação deve ser semelhante à escolhida na última partida.
No jogo de ida contra o adversário, o time começou com Luís, Matheus, Wesley, Diego, Gustavo, Bruno, Evandro, Ângelo, Castilho, Jeferson e Fernandinho. A mudança será com Castilho, que pode ser substituído por Passarinho, Igor ou Rafinha.
O jogo não vale apenas a vaga para a semifinal da Segunda Divisão do Campeonato da Federação Gaúcha de Futebol (FGF). Quem avançar à semifinal conquista, automaticamente, um lugar na Divisão de Acesso de 2018. Isto porque a outra partida da fase será um Gre-Nal e, de acordo com o artigo 3º, caso um dos times da capital alcançassem a classificação para a semifinal, as vagas do Acesso seriam destinadas às outras duas equipes classificadas.
O jogo de volta contra o TAC foi adiado em função do julgamento do Bagé no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS), por conta da escalação de um jogador em situação irregular.
O time de Bagé, que tinha vencido por 2 a 1 na partida do dia 12 de julho – e, portanto, tinha a vantagem – perdeu os pontos conquistados. O resultado de 1 a 0 leva a decisão aos pênaltis. A vitória por dois pontos de diferença elimina o Três Passos.


TAC

Às vésperas do jogo decisivo, o Três Passos anunciou o desligamento do treinador Daniel Franco e de toda a comissão técnica que acompanhava o time. O anúncio foi realizado por meio do Facebook oficial do time. Segundo o diretor de futebol, Fabrício Guerra da Silva, houve um acordo entre o clube e os profissionais.


TJD-RS

O mesmo caso, do jogador que foi escalado de forma irregular, também foi denunciado à Procuradoria pelo Rio Grande. O Vovô, porém, queria alterar o resultado do jogo contra o Novo Horizonte, ainda na segunda fase (ocorrido antes da partida com o TAC).
O objetivo do clube era anular o resultado e, assim, inverter a ordem na tabela de classificação. Se conseguisse, o Bagé passaria a terceira colocação e o Rio Grande para o segundo lugar. A mudança faria com que o adversário do Vovô fosse o TAC e o jalde-negro enfrentasse o Grêmio.
Segundo informações do TJD-RS, a Procuradoria entende que não cabe exclusão ou perda de pontos e, assim, o campeonato continuará normalmente. Sobre este caso,o Bagé poderá sofrer uma multa, que será julgada na tarde de terça-feira. Até a tarde de ontem, o TAC também não havia apresentado recurso sobre a decisão da justiça.


Ingressos

Mulheres, idosos e estudantes pagam R$ 15. Homens utilizando a camiseta do clube pagam R$ 15 a antecipado e R$ 20 na hora. Sem a camiseta, pagam R$ 20 e R$ 30 na hora.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...