ANO: 24 | Nº: 6039
29/07/2017 Fogo cruzado

Famurs estuda criação de consórcio estadual

Foto: Débora Szczesny / Divulgação Famurs

Proposta foi debatida em reunião, na sede da Federação
Proposta foi debatida em reunião, na sede da Federação

A Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) criou um grupo de trabalho para debater a criação de um consórcio de abrangência estadual para auxiliar os municípios. Por meio dele, os gestores locais das prefeituras filiadas poderão acessar bens e serviços de maneira coletiva, diminuindo o uso do dinheiro público na contratação dos mesmos.
De acordo com o coordenador-geral da Famurs, Luciano Machado, o consórcio irá utilizar a estrutura da Federação e não terá custos adicionais para os municípios. A proposta de estatuto para a fundação do consórcio estadual será apresentada aos prefeitos durante a assembleia geral promovida no dia 30 de agosto, durante a 40ª Expointer. “Será uma iniciativa suplementar e complementar aos consórcios regionais já existentes. A demanda irá partir dos prefeitos e nós iremos dar o suporte necessário”, explica Machado.
O ex-presidente da Famurs e ex-prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, está apoiando a construção do empreendimento. “Os municípios ganham na economia, na agilidade e na segurança jurídica ao aderir à proposta da Famurs”, esclarece. Também participam do grupo de trabalho os prefeitos de Pantano Grande, Cássio Soares, e de Soledade, Paulo Ricardo Cattaneo, e o secretário-executivo da Associação dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja) e do Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal dos Municípios do Alto Jacuí e Alto da Serra do Botucaraí (Comaja), João Ernesto Schemmer.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...