ANO: 25 | Nº: 6233
01/08/2017 Cidade

Dnit não tem previsão para retomada de manutenção na avenida Santa Tecla

Foto: Tiago Rolim de Moura

Um dos trechos não recebeu manutenção
Um dos trechos não recebeu manutenção

O trabalho de recapeamento da avenida Santa Tecla não deve ser retomado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Pelo menos não em curto prazo. O secretário municipal de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Ronaldo Hoesel, observa que faltaram trechos. Ele destaca que a pintura não foi finalizada. O titular da pasta adianta que encaminhou oficio, com fotos, pleiteando a continuidade do serviço. Sem previsão orçamentária, entretanto, não existe previsão de trabalho.
O novo pedido era para que o serviço de revitalização fosse realizado no trecho entre a rua Paulo Corrêa Lopes e a rótula da avenida Presidente Vargas, onde termina a Santa Tecla. Por meio de nota, o Dnit informou que os serviços realizados nas últimas duas semanas consistiram, através de contrato de manutenção rodoviária, em reparos no pavimento, através de fresagem e recomposição do revestimento asfáltico.
A operação foi concluída no final da semana passada, ainda segundo o Dnit, "visto que os serviços realizados foram planejados de acordo com os recursos financeiros disponíveis". “A intenção foi priorizar os trechos mais críticos. Assim sendo, não há previsão de retomada dos serviços em curto prazo, a menos que mais recursos financeiros sejam disponibilizados”, pontua o Departamento.
Com relação à pintura (sinalização horizontal), através do contrato do Programa BR-Legal, o Dnit informou que estão sendo realizados os serviços de sinalização horizontal ao longo de toda a Santa Tecla. “Há a previsão de retomada da pintura até o dia 4 de agosto, com projeção de término em, aproximadamente, uma semana, a partir desta data”, destaca a nota.


Dossiê

A manutenção da via foi solicitada através de um dossiê, entregue em março, por Hoesel. O trabalho na Santa Tecla, aliás, integrava um cronograma maior. De acordo com o titular da pasta, a avenida General Artigas também era atendida pelo Dnit. A via, porém, passará aos cuidados do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), que já é responsável pela avenida Espanha e Visconde de Ribeiro Magalhães. O secretário salienta que a prefeitura quer assumir as vias de entrada da cidade, mas, para isso, necessita que sejam entregues em condições de trafegabilidade.


Recuperação

De acordo com o Superintendente Regional do Daer, Nelson Martins, prevista uma operação tapa-buracos deve ser realizada na avenida Visconde de Ribeiro Magalhães até o final da semana, contemplando o recapeamento de dois trechos, que vão do trevo do 21 até o terminal da Ipiranga e também entre a Cerealista Coradini e a BR-153, que não foram concluídos no início do ano.
Martins salienta que ainda não há prazo para o início do trabalho na avenida Espanha. O Daer é responsável pelo trecho que inicia no PAR e vai até a BR-293. Ele informou que a avenida Artigas necessita ser incluída no plano rodoviário do Estado, para que o Departamento possa intervir na manutenção.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...