ANO: 24 | Nº: 6109
02/08/2017 Cidade

Consulta Popular registra participação expressiva no primeiro dia

Foto: Antônio Rocha

Até amanhã, os eleitores gaúchos terão a oportunidade de votar para escolher uma prioridade que será contemplada com verba do orçamento de 2018 do governo estadual. A Consulta Popular está sendo realizada em três formatos diferentes para facilitar o acesso à votação. Este ano, o processo destina mais de R$ 2,5 milhões ao Conselho Regional de Desenvolvimento Campanha (Corede Campanha) para aplicação nos três programas mais votados. Na avaliação dos organizadores, a participação, ontem, primeiro dia de votação, foi expressiva nas cidades da região.
O presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude), Josafá Pereira de Oliveira, foi o responsável por coordenar a votação na Câmara de Vereadores, ontem pela manhã. Ele conta que o movimento foi constituído principalmente de pessoas de mais idade ou que não têm acesso à internet para proceder a votação. “Aqui vamos conseguir a votação mínima, neste ano”, projetou. No ano passado, Bagé e Dom Pedrito não obtiveram o número mínimo de votantes e, portanto, não tiveram seus projetos incluídos entre as prioridades do governo estadual.
Para que os projetos sejam incluídos nas prioridades do Estado, o município deve atender a alguns critérios de classificação de votação. Em municípios com até 10 mil eleitores, 6% do eleitorado deve comparecer às urnas. De 10 mil a 40 mil eleitores, o quociente de votos é de 5%. De 40 mil a 80 mil, 4% dos cidadãos devem participar do processo e de 80 mil a 120 mil habitantes, em que Bagé está incluída, 3%, cerca de 2.721 eleitores no caso da Rainha da Fronteira, devem participar do processo. “É muito importante a participação popular no processo porque é a chance dos cidadãos de apontarem os projetos que são mais importantes para aplicação de verbas. Pela internet, são 72 horas de votação”, destaca Oliveira.


Votação
Estão habilitados a votar, até quinta-feira, apenas os eleitores com domicílio eleitoral no Rio Grande do Sul. Cada um pode votar em apenas um dos programas ou ações constantes da cédula de votação de sua região do Corede.
Na votação online e nos pontos de votação, é necessário o número do título de eleitor. Caso não o tenha, o ambiente de votação na internet vai permitir pesquisa diretamente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Como votar
- Pelo site da Consulta Popular: www.consultapopular.rs.gov.br;
- Presencialmente, por aplicativo disponível aos representantes dos Coredes e dos Comudes, instalados no Instituto Municipal de Belas Artes (Imba), Biblioteca Pública Otávio Santos, Biblioteca Pública Infantil Maria Martins Rossel, Instituto Federal Sul-rio-grandense de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSul), Casa de Cultura, Museu Dom Diogo de Souza, Secretaria de Cultura, Centro Histórico Vila de Santa Thereza, Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Sesc, Universidade da Região da Campanha (Urcamp) e Câmara de Vereadores;
- Via SMS para o número 29000 com a palavra RSVOTO 'hashtag' (Nº do título de eleitor) 'hashtag' (Nº do programa, de 1 a 10); incluindo o 'hashtag' como separador das informações.


Programas do Corede Campanha

1 - Desenvolvimento Rural: apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar
2 - Desenvolvimento Rural: apoio à cadeia produtiva do leite e da pecuária de corte, ovinocultura e agroindústrias
3 - Cultura, Turismo e Esportes: cultura para a promoção da cidadania, valorização da diversidade e inclusão social
4 - Saúde: Qualificação e financiamento de centros de especialidades ou hospitais
5 - Segurança Pública: patrulha e monitoramento do abigeato
6 - Desenvolvimento Social: lixo - um problema ambiental e de saúde pública
7 - Obras: melhoramento de estradas vicinais

 

 

MUNICÍPIOS

VOTOS MÍNIMOS NECESSÁRIOS

Aceguá

217 (6%)

Bagé

2.721 (3%)

Candiota

498 (6%)

Caçapava do Sul

1.756 (5%)

Dom Pedrito

1.501 (5%)

Lavras do Sul

310 (6%)

Hulha Negra

272 (6%)

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...