ANO: 26 | Nº: 6590
04/08/2017 Fogo cruzado

Hulha Negra realiza segunda audiência pública sobre Plano Diretor

Foto: Reprodução JM

Planejamento orienta crescimento da cidade
Planejamento orienta crescimento da cidade

O trabalho de elaboração do Plano Diretor de Hulha Negra concluiu mais uma etapa e realizará a segunda audiência pública com o objetivo de apresentar para a comunidade os resultados obtidos e as propostas para o desenvolvimento futuro da cidade. A audiência pública será realizada no dia 11 de agosto, às 9h, na Câmara de Vereadores da cidade. A elaboração do Plano Diretor está sendo conduzida por um grupo de técnicos da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), em parceria com a prefeitura de Hulha Negra e com a UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski).
O coordenador do Plano Diretor, professor Leonardo Castilhos, explica que o trabalho de elaboração do Plano Diretor de Hulha Negra está divido em três etapas. Ele detalha que em um primeiro momento foi realizado um levantamento técnico a partir de informações fornecidas pela prefeitura e também de informações coletadas durante as leituras comunitárias realizadas com representantes da população, resultando em uma série de dados apresentados na primeira Audiência Pública.
A partir do banco de informações coletadas, um grupo de técnicos da prefeitura, formado por profissionais das áreas de meio ambiente, engenharia, jurídica e socioeconômica, realizou 12 reuniões para debater os resultados, analisar os aspectos positivos e negativos da cidade e elaborar uma série de propostas para o modelo urbano e rural para Hulha Negra. “São estes debates e resultados que serão apresentados na segunda audiência pública. É uma etapa crucial para o trabalho em que a participação da comunidade é fundamental para que o plano possa, de fato, traduzir a realidade de Hulha Negra e, ainda, ser uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento da cidade”, destaca Castilhos.
Após a finalização da audiência, o grupo de trabalho volta a reunir-se para a elaboração efetiva do projeto de lei que resultará no Plano Diretor de Hulha Negra. O gerente socioambiental da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski), Hugo Róger Stamm, destaca que toda a comunidade deve participar para conhecer as propostas elaboradas para o Plano Diretor. “Um Plano Diretor orienta o crescimento de uma cidade, determinando o que pode ou não pode ser realizado em cada área a partir de informações técnicas da cidade. Ele é uma ferramenta que auxilia na tomada de decisões sobre o desenvolvimento de um município e, por isso, a importância de que a comunidade participe e esteja ciente sobre as decisões que estão sendo tomadas”, argumenta.
A elaboração dos Planos Diretores de Desenvolvimento Urbano e Ambiental (PDDUA) das cidades de Hulha Negra e Candiota é um compromisso assumido pela Engie Brasil Energia como uma das condicionantes para obtenção da Licença de Instalação (LI) da UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski) junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Em Candiota, o trabalho continua sendo desenvolvido, estando na etapa de debates e elaboração das propostas para o modelo urbano e rural da cidade.


Sobre a UTE Pampa Sul

A Usina Termelétrica Pampa Sul (Miroel Wolowski) é fruto do leilão de energia A-5 de 28 de novembro de 2014, quando a Tractebel Energia adquiriu o direito de operação da nova Usina por 25 anos, a partir de janeiro de 2019. A UTE Pampa Sul (Miroel Wolowski) tem capacidade instalada de 340 MW e investimento total de R$ 1,8 bilhão.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...