ANO: 25 | Nº: 6310
04/08/2017 Esportes

Inter supera Bagé e vai jogar no Pedra Moura com vantagem

Foto: Everton Silveira/Especial JM

Com a derrota, ontem, por 4 a 0, na primeira partida da final da Segunda Divisão, o Bagé terá que golear o time B do Internacional, no domingo. Jogando em seus domínios, o jalde-negro precisará de cinco gols para ficar com a taça. Com a vantagem, o Inter pode perder por 3 a 0, no Pedra Moura. O critério de desempate para a final da Segunda Divisão, antes das penalidades, é o maior saldo de gols simples. Uma vitória por 4 a 0 do jalde-negro, portanto, leva a disputa para os pênaltis.
O time de Geverton Duarte deve manter a postura ofensiva, que marcou a atuação de ontem. O primeiro chute a gol, na Morada dos Quero-Queros, foi do time visitante, após cinco minutos de jogo. O gol foi evitado pelo goleiro Daniel. As equipes encontraram um gramado escorregadio, em um dia chuvoso. Até os primeiros 15 minutos, os times trocaram passes pelo campo. Aos 16, o Internacional sofreu perigo novamente, com uma jogada ensaiada que acabou saindo pela linha de fundo. Aos 19 minutos, o Inter fez pressão sobre o visitante e, aos 18, cobrou uma falta em seu campo de ataque. A jogada terminou nas mãos do goleiro Luís.
Quem abriu o placar, aos 25 minutos, foram os donos da casa, com Windson, em um rebote. Com 34 minutos de jogo, Fernandinho tabelou com Jeferson, mas a bola parou nas mãos de Daniel. O time visitante chegou perto, novamente aos 46 minutos, quando a bola foi desviada na zaga adversária.
Logo aos seis minutos da etapa complementar, o Internacional ampliou o placar, com Valdemir, que chutou no ângulo de Luís. O resultado não fez com que o time da Rainha da Fronteira diminuísse o ritmo. Aos 13 minutos, o Bagé chegou perto de marcar, mas a bola parou na defesa do mandante. Aos 21 minutos, pelo lado direito, o Bagé ofereceu perigo ao mandante mais uma vez.
Aos 22 minutos, Joanderson, do time da casa, cobrou um pênalti e fez o terceiro para o Inter. Pedro Lucas, pelo lado esquerdo, aos 33 minutos, encerrou a goleada de 4 a 0. Aos 45 minutos, Raphinha recebeu pela direita e chutou em direção ao gol. A bola foi parada pelo goleiro. Aos 48 minutos, Raphinha tentou novamente, pela última vez.


Escalações

Internacional: Daniel, Fabio Henrique, Fabio Alemão, Windson, Eduardo (Murilo); Juliano, Mossoró, Valdemir (Matehus Goiano), Ariel; Léo Avila (Pedro Lucas), Joanderson.
Bagé: Luís, Matheus Ferreira, Diego, Patrick, Gustavo, Evandro, Jefferson, Ângelo, Bruno, Fernandinho, Bruno Barbosa.
Arbitragem: Daniel Soder, Daniel Gomes Fraga, Andreza Vanni, Adriano Sajonc.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...