ANO: 23 | Nº: 5789

Rochele Barbosa

rochelebarbosa@gmail.com
Jornalista formada pela Universidade da Região da Campanha. Responsável pela produção e reportagem do caderno de Saúde do Jornal MINUANO
07/08/2017 Caderno Minuano Saúde

Amamentação: trabalhar juntos para o bem comum

Foto: Divulgação

Campanha deste ano
Campanha deste ano
A Santa Casa de Caridade de Bagé realizou, na semana passada, uma programação associada à Semana Internacional da Amamentação. Segundo a coordenadora da Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, médica pediatra Cledinara Salazar, a programação, este ano, focou no tema 'Trabalhar juntos para o bem comum'.
Em 2017, foi celebrado o 25º aniversário da atividade, que busca desencadear ações conjuntas em prol da amamentação. A proteção, promoção e apoio são os três pilares fundamentais para aumentar e consolidar as taxas de aleitamento materno, tanto em países em desenvolvimento como em países desenvolvidos.
Cledinara enfatiza que, em Bagé, ocorreu uma gincana com grupos dos funcionários para arrecadar materiais de consumo das unidades. Este ano, um conjunto de metas universais terá que começar a ser alcançado dentro dos objetivos de desenvolvimento do milênio e, segundo a Organização de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o aleitamento materno, mesmo não sendo citado explicitamente, faz parte deste trabalho.
Nesta edição, iremos conhecer o trabalho desenvolvido no Hospital Amigo da Criança - Santa Casa de Caridade de Bagé, com a médica coordenadora da UTI Neonatal, Cledinara Salazar.

Alimentação ideal
O leite humano é a alimentação ideal para todas as crianças. Por sua composição de nutrientes, é considerado um alimento completo e suficiente para garantir o crescimento e desenvolvimento saudável do bebê durante os primeiros dois anos de vida. É de fácil e rápida digestão, completamente assimilado pelo organismo infantil.
De acordo com a pediatra Cledinara Salazar, a amamentação é um ato de cuidado e carinho. "As crianças que têm como único e exclusivo alimento, até os seis meses, o leite materno, são mais saudáveis e possuem desenvolvimento intelectual acelerado. Com estas campanhas, buscamos, além de diminuir significativamente a mortalidade infantil, também criar a cultura de aleitamento, pois é o mais importante no desenvolvimento humano", salienta.
Cledinara destaca que, em 2017, a semana mundial do aleitamento materno completa 25 anos. “O tema trabalho em conjunto para o bem comum se relaciona a construir alianças para alcançar um dos objetivos do desenvolvimento sustentável, isto é, fortalecer os meios de execução é revitalizar a aliança mundial para o desenvolvimento sustentável. Trabalhar em parcerias que devem priorizar o fortalecimento de ações, em conjunto com a gestão pública para que se cumpra a missão maior, que é defender o direito de as mulheres amamentarem, com políticas e programas bem estruturados”, ressalta.
A médica salienta que no hospital há, também, o programa Hospital Amigo da Criança. “Somos considerados assim desde 2007, graças ao trabalho de auxílio às mães, na orientação à amamentação, Banco de Leite Humano e Mamãe Canguru", explica.
Cledinara esclarece que a primeira semana é a mais difícil para a mãe, mas que há apoio importante da maternidade. "Temos uma rede de auxílio. O banco de leite funciona todos os dias, das 7h às 19h, não somente para doações, como também para orientações", informa.
A amamentação é um dos cuidados importantes para a mãe e o bebê. É muito importante que ela busque informações e converse com outras mulheres e com profissionais especializados em aleitamento materno. "A mãe deve pensar nos benefícios para o bebê. A saúde fica mais fortalecida, tem nutrientes específicos que somente um humano passa para outro. É imunologicamente ativo, pois protege contra inúmeras doenças e alergias e não há contraindicações", garante Cledinara.
A médica conta que 90% dos bebês deixam a maternidade da Santa Casa de Caridade de Bagé mamando no peito. "Estimulamos essa atitude, pela real importância do aleitamento", acrescenta.

Banco de leite
O Banco de Leite Humano funciona próximo à UTI Pediátrica e Neonatal, recebendo por mês, segundo a pediatra Cledinara Salazar, de 40 a 60 litros de leite materno. O local conta com equipe especializada, composta por médica, enfermeira, técnicos de enfermagem e nutricionista. "Todos os nossos colaboradores participaram e se formaram em cursos sobre aleitamento materno, para auxiliar e coletar o leite", salienta.
A pediatra enfatiza que o leite coletado vai para os prematuros das unidades intensivas. "Toda mãe com dificuldade será acolhida no banco de leite, para receber orientação e aprender tudo que é necessário", destaca.

Semana Internacional da Amamentação

Objetivos:
1. Informar sobre os objetivos de desenvolvimento do milênio (ODM) e como se relacionam com aleitamento materno e alimentação de lactentes e crianças de primeira infância;
2. Mostrar o progresso alcançado até o momento e as lacunas existentes e decisivas para o aleitamento materno e alimentação de lactentes e crianças de primeira infância;
3. Chamar atenção sobre a importância de priorizar ações para proteger, promover e apoiar o aleitamento materno como uma intervenção fundamental na contagem regressiva para os ODM;
4. Estimular o interesse entre os jovens, tanto mulheres como homens, para compreenderem a importância e relevância do aleitamento materno no mundo de hoje.

Atividades desenvolvidas:
No período de 1º a 7 de agosto, durante a Semana Internacional da Amamentação, cujo tema deste ano foi “Trabalhar juntos para o bem comum”, a Santa Casa de Bagé, dentro deste contexto, contribui da seguinte maneira:
- Decorou todas as unidades materno infantil;
- As funcionárias, nesta semana, usaram camisetas ou botons alusivos ao tema;
- Realizou uma gincana com grupos dos funcionários para arrecadar material de consumo das unidades;
- Organizou uma confraternização na sexta-feira;
- Aconteceu, durante a semana, no hospital, distribuição de brindes fornecidos pela farmácia de manipulação Mistura da Terra e pela Panvel a todas as puérperas;
- Hoje, no encerramento da semana da amamentação, Cledinara destaca a entrega de um aparelho doado pelo Rotary Bagé Pampa para a UTI Neonatal.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...