ANO: 24 | Nº: 6011
09/08/2017 Campo e Negócios

Circuito Touro Angus Registrado chega a Bagé

O Circuito Touro Angus Registrado, iniciativa da Associação Brasileira de Angus que busca levar informações a produtores de diferentes regiões do País, chega hoje a Bagé. O encontro com lideranças ruralistas começa às 19h, com palestra do gerente de Fomento da Angus, Mateus Pivato, na sede da Associação e Sindicato Rural de Bagé. Pivato falará sobre o uso de reprodutores marcados como fator de melhoramento genético dos rebanhos e agregação de valor às propriedades. Na ocasião, o consultor técnico de ruminantes da Elanco Saúde Animal, Ulisses Ribeiro, abordará o controle eficiente do carrapato, parasita responsável pelo maior índice de perda na pecuária brasileira.
Segundo o presidente do Núcleo Regional de Criadores de Aberdeen Angus de Bagé, Thiago Salis, a chegada do projeto a Bagé é muito bem-vinda. "Temos que, cada vez mais, tecnificar a produção. E tecnologia significa investimento em genética. Às vezes, as pessoas querem que a pecuária renda sem investir em genética, mas para fazer a coisa acontecer é essencial investir em touros marcados e em programa de melhoramento do rebanho", pontua o dirigente, que contou com apoio da Angus Jovem para divulgar a ação na região.
O circuito é um projeto que visa percorrer cidades do Brasil para apresentar aos produtores rurais as características e vantagens do Programa Touro Angus Registrado, que fomenta o uso de gado registrado nos campos brasileiros. Além de Bagé, o projeto já passou por Rio Grande e irá a Livramento nesta semana. Na próxima semana, o roteiro inclui Alegrete, São Francisco de Assis e São Borja.


Porque usar Touro Angus Registrado

- Touro registrado tem origem genética certa e provém de animais superiores;
- O registro é a certeza que o reprodutor dará origem a um rebanho genuinamente Angus, produzindo descendentes que exprimam tudo aquilo que o investidor e o mercado desejam desse animal;
- Significa que o animal passou pelo crivo do corpo técnico da Associação Brasileira de Angus;
- Touro registrado é sinônimo de novilhos mais valorizados, de animais carniceiros e de um rebanho uniforme;
- Usar touro Angus registrado é o caminho para maior produtividade. Os pecuaristas que alcançam os maiores escores de bonificação no Programa Carne Angus Certificada são os mesmos que não abrem mão de usar o touro Angus registrado;
- Um touro registrado tem condições de perpetuar sua genética no rebanho. Além de gerar filhos igualmente superiores, pode ter suas qualidades perpetuadas quando o criador retiver as fêmeas como ventres de reposição, ou seja, o touro Angus registrado valoriza o plantel;
Touro registrado já é bom. Touro dupla marca (PP ou CACA) é melhor ainda, pois significa que ele está na faixa dos 30% superiores da sua geração;
- Touro registrado é a garantia de que esse animal atingiu o peso e a circunferência escrotal condizentes com a idade porque ele só recebe o registro com a conferência desses dados. Peso indica capacidade de produção de carne e circunferência escrotal está relacionada à fertilidade e capacidade de cobertura.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...