ANO: 25 | Nº: 6357
16/08/2017 Segurança

Delegado Linhares deixa comando da Força-Tarefa de Combate aos Crimes Rurais

Foto: Antônio Rocha

Benites e Linhares na 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil
Benites e Linhares na 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil

“Um divisor de águas no combate ao abigeato”, assim o Delegado Adriano Linhares, titular da Força-Tarefa de Combate aos Crimes Rurais definiu a ação que já prendeu mais de 150 pessoas envolvidas com o abigeato na Fronteira Oeste e Campanha do Estado.
Na tarde de ontem, o Jornal MINUANO conversou com Linhares na 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil. Ele ressaltou o trabalho da equipe da força-tarefa. “A equipe conta com sete policiais civis, que são os mais qualificados no combate a este tipo de crime. Aqui encontramos quadrilhas que faziam carneadas e tudo dependeu de muito estudo, técnica, inteligência e boas estratégias”, disse.
Linhares contou que a primeira ação começou em Rosário do Sul, quando estava à frente da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Uruguaiana. “A região é vítima destas quadrilha. Averiguamos diversas propriedades com carneadas de mais de seis animais, ou seja, eles tinham um crime organizado. Tivemos que usar a técnica para enfrentar e combater. Acreditamos agora que vão seguir diminuindo. Sei que não vai acabar, mas vai diminuir”, avaliou o delegado.
A equipe tem quatro agentes da regional de Bagé. “Tivemos um incentivo muito grande no ano passado, por parte do delegado aposentado Alcindo Dutra Martins, que foi o idealizador, e do delegado Luis Eduardo Benites, que achou por bem dar sequência. Ficamos muito felizes em seguir este trabalho, que completou um ano no dia primeiro deste mês”, destacou o titular da força-tarefa.
Linhares disse que os produtores rurais podem ficar tranquilos. “O abigeato é algo que tem solução. Queremos tranquilizar todos os produtores, pois seguiremos o trabalho de enfrentamento a estas quadrilhas. Temos também muito a agradecer ao deputado Afonso Hamm, que aprimorou a lei do abigeato, pois ele fez com que as penas fossem mais severas para os acusados”, concluiu.
O delegado Linhares começa um novo trabalho, na próxima semana, na Defrec de Caxias do Sul. A força-tarefa será comandada por outro delegado, ainda não definido pela Chefia de Polícia.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...