ANO: 24 | Nº: 6108
16/08/2017 Campo e Negócios

Startup gaúcha inicia comercialização dos silos na Expointer

Destaque nas últimas duas edições da Expointer com a apresentação de inovações para os produtores, a Silo Verde, startup sediada no Tecnosinos, em São Leopoldo, apresentará a segunda geração do sistema de armazenagem mais sustentável do mercado. Ideal para armazenagem de commodities e principalmente rações animais, o equipamento tem capacidade de até sete metros cúbicos de volume.
De acordo com o diretor da empresa, Manolo Machado, está sendo desenvolvida uma tecnologia de monitoramento própria, com software e hardware para o acompanhamento da qualidade do grão e ração armazenados. "Estamos gerando uma inteligência artificial, que permitirá obter diversos dados e informações relevantes para uma boa gestão do negócio do produtor e seus parceiros, agregando ainda mais valor na aplicação e uso de seus silos sustentáveis", destaca.
A empresa obteve ao longo do último ano avanços em pesquisa e desenvolvimento focados na melhoria de produto. A Silo Verde venceu editais de inovação, permitindo uma ampliação da aplicação dos silos, aumentando ainda mais o impacto positivo. A empresa também tem como objetivo atuar em mercados internacionais, alguns deles já estão em tratativas comerciais com o Canadá e alguns países do continente africano. "Estamos nos adequando às especificações técnicas e climáticas dos países que são foco de atuação para promover a entrada em mercados internacionais, de acordo com o plano de internacionalização da empresa. A empresa está muito animada com os prognósticos e tendências de mercado", salienta Maurício Bruno, diretor comercial e marketing da Silo Verde.
No ano que passou, a empresa gaúcha foi destaque em prêmios de pesquisa e desenvolvimento. A Silo Verde foi vencedora de editais de inovação do Sebrae voltados ao desenvolvimento tecnológico da empresa, captando cerca de R$ 200 mil para a aplicação em tecnologias para o aperfeiçoamento do produto para a internacionalização. Além disso, foi vencedora do Prêmio Smart Cities, em São Paulo, na categoria Sustentabilidade e Inovação, onde concorreu com mais de 600 empresas de todo o Brasil.
Os diretores da Silo Verde destacam que com o objetivo de aumentar sua representatividade de mercado e difusão de tecnologia, já articulam a possibilidade de fusão com fundos de investimentos.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...