ANO: 25 | Nº: 6312
23/08/2017 Segurança

Operação Anjos da Lei apreende maconha em Bagé

Foto: Tiago Rolim de Moura

Ação busca coibir venda de entorpecentes para estudantes
Ação busca coibir venda de entorpecentes para estudantes

A Polícia Civil deflagrou, ontem, a Operação Anjos da Lei, visando o combate ao tráfico de drogas próximo às escolas. Policiais civis do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) e do Departamento de Polícia do Interior (DPI) cumpriram ordens judiciais em praticamente todas as regiões do Estado. Em Bagé, foram cumpridos três mandados. Guilherme Ferreira de Oliveira, 23 anos, foi preso por tráfico. Cerca de 265 gramas de maconha foram apreendidas com o acusado, no bairro Vila Kennedy, próximo à Escola Paulo Freire. As ações também ocorreram, simultaneamente, nos bairros Santa Flora e São Jorge.
A Operação Anjos da Lei foi deflagrada, simultaneamente, nas cidades de Porto Alegre, Viamão, Canoas, Cachoeirinha, Eldorado do Sul, Gravataí, Alvorada, Bagé, Pelotas, Rio Grande, Uruguaiana, Alegrete, Caxias do Sul, Gramado, São Francisco de Paula, Canela, Três Coroas, Lajeado, Encantado, Palmeira das Missões, Seberi, Frederico Westphalen, Ijuí, Carazinho, Erechim, Santa Maria, Passo Fundo, São Leopoldo e Sapucaia do Sul. Em todo o Estado, foram cumpridas 58 ordens judiciais, sendo 56 mandados de busca e apreensão e cinco ordens de prisão contra ações de tráfico nas proximidades de áreas escolares.
A operação é uma ação policial especial permanente contra o tráfico de drogas nas imediações de escolas e funciona com a atuação da repressão e prevenção da Polícia Civil contra entorpecents. A prevenção se dá por meio de palestras e troca de informações com os jovens e a repressão com ações imediatas e prioritárias quando existe a denúncia de tráfico de drogas próximo aos estabelecimentos de ensino.
A operação começou no Denarc em 2011 e desde 2016 é executada por todos os departamentos da Polícia Civil. Em Bagé, a Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) realizou a ação na manhã de ontem. Esta é a primeira megaoperação em âmbito estadual contra o tráfico nas imediações de escolas em 2017.
O diretor de investigações do Denarc, delegado Mário Souza, esclarece que a Lei de Drogas traz um aumento de pena no artigo 40 de até 2/3 para quem for preso por tráfico nas imediações de escolas. "Temos que blindar a área escolar, porque lá temos a maior concentração de jovens e é lá que o traficante quer buscar o novo usuário ou o novo criminoso para o seu negócio de crime organizado", pontua.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...