ANO: 26 | Nº: 6590
24/08/2017 Cidade

Coordenadoria de Educação busca regularização da Escola Dario Lassance

Uma área pertencente à Companhia Riograndense de Mineração (CRM), onde está instalada a Escola Estadual de Ensino Fundamental Dario Lassance, em Candiota, deve ser regularizada. A 13ª Coordenadoria Regional de Educação (13ª CRE) busca a doação do espaço junto à empresa. A medida viabilizaria investimentos na infraestrutura.
O mesmo acontece com as escolas estaduais de Ensino Médio Francisco Assis Rosa de Oliveira (Faro) e Jerônimo Mércio da Silveira, situadas na Vila Operária e na Vila Residencial, respectivamente. A 13ª CRE havia informado, no início da semana, que a área da Escola Jerônimo Mércio da Silveira pertencia à CRM. A doação, entretanto, foi solicitada para a Prefeitura de Candiota, já que o local foi repassado ao município pela Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE).
De acordo com o titular da 13ª CRE, Aristides Costa, houve um equivoco no nome da escola. Ele explica que a coordenadoria está em tratativas com a prefeitura desde maio e já foi enviado um ofício solicitando a doação. A área da Escola Dario Lassance foi solicitada à CRM e a área da Faro à CGTEE.
O prefeito de Candiota, Adriano Castro dos Santos, do PT, entende que o pedido de doação abre a possibilidade para o Estado investir, fazer melhorias e até abrir novos cursos nas instituições de ensino. “Pretendemos regularizar a área, como já fizemos com outros espaços pertencentes à prefeitura, que hoje já possuem matrículas”, disse.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...