ANO: 25 | Nº: 6386
01/09/2017 Cidade

Empresa projeta início de construção de usina de biogás para 2018

Foto: Divulgação

Estrutura será instalada em área anexa ao aterro sanitário
Estrutura será instalada em área anexa ao aterro sanitário

A obra de instalação da usina de biogás, no aterro sanitário de Candiota, de responsabilidade da empresa Meioeste Ambiental, só deve iniciar no próximo ano. Desde março, quando o investimento foi anunciado, o projeto já obteve a licença de instalação. O protocolo de intenção já foi assinado com empresa parceira, projetando para seis meses o início dos trabalhos.
O sócio-gerente da Meioeste, Guilherme Costa, conta que o projeto interessou a empresa paulista Impacto Ambiental. O projeto deve começar a ser orçado nas próximas semanas. “A parceria com uma investidora faz as coisas avançarem mais rapidamente. Iniciamos, agora, o orçamento para contratação da empresa responsável pelo início da instalação”, destaca.
No início do ano, a Meioeste projetava a instalação ainda para 2017. A previsão de Costa, agora, é de que a obra tenha início no primeiro trimestre do próximo ano, com investimento de aproximadamente R$ 10 milhões. A projeção de término é de um ano.
O biogás é resultado da fermentação anaeróbica (em ausência de oxigênio ou de ar) da biomassa (neste caso, os resíduos descartados no aterro sanitário). Quando em funcionamento, o empreendimento deve gerar dois megawatts (MW), já que contará com dois motores, com um MW cada. A energia será interligada ao sistema nacional, com capacidade para atender até 20 mil pessoas.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...