ANO: 25 | Nº: 6398
01/09/2017 Segurança

Força Tarefa de combate ao abigeato cumpre 10 ordens judiciais

Foto: Divulgação

Ação foi realizada em quatro cidades
Ação foi realizada em quatro cidades

A Polícia Civil, por meio da Força Tarefa de Combate aos Crimes Rurais e Abigeato, coordenada pelos delegados Cristiano Ritta e André de Matos Mendes, deflagrou, na manhã de ontem, a Operação Campo Seguro, no combate aos crimes de furto abigeato. Foram cumpridas 10 ordens judiciais em Pelotas, Rosário do Sul, Pinheiro Machado e Dom Pedrito. Na ação, que contou com o apoio da Brigada Militar, Vigilância Sanitária Municipal e Inspetoria Veterinária de Dom Pedrito, quatro pessoas foram presas. Foram apreendidos, aproximadamente, 300 quilos de alimentos impróprios para o consumo humano. Quatro bovinos foram recuperados.
Segundo os delegados Cristiano Ribeiro Ritta e André de Matos Mendes, a operação visa desarticular três quadrilhas de abigeato e uma de assaltos a propriedades rurais que, juntas, causaram enorme prejuízo aos produtores. Em Rosário do Sul, uma equipe da Força Tarefa inspecionou bovinos em uma propriedade rural utilizada por uma quadrilha de abigeatários. “Quatro vacas furtadas foram recuperadas no local. Os responsáveis pelo estabelecimento já estavam presos por conta de outro abigeato”, contam os delegados.
Na cidade de Dom Pedrito, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão, sendo dois em residências pertencentes a um homem investigado por abigeato e cinco mandados em estabelecimentos comerciais. “Em um dos estabelecimentos foram apreendidos 300 quilos de alimentos impróprios para o consumo humano e o proprietário foi autuado em flagrante delito”, acrescentam os delegados. As buscas realizadas em Dom Pedrito contaram com apoio da Vigilância Sanitária Municipal e Inspetoria Veterinária.
Em Pelotas, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva decretados pelo Poder Judiciário da comarca de Caçapava do Sul, contra indivíduos daquela cidade que realizaram diversos furtos de gado na região de Caçapava. “Os dois suspeitos já estavam recolhidos ao sistema prisional, sendo novamente presos em razão das preventivas decretadas”, relatam os delegados. Um integrante de uma quadrilha responsável por assaltar propriedades rurais foi preso temporariamente em Pelotas. “Os policiais diligenciaram na cidade de Pinheiro Machado para prender o suspeito, mas ele foi encontrado e capturado em Pelotas”, complementam Ritta e Mendes.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...