ANO: 24 | Nº: 6184
06/09/2017 Cidade

Postos já reajustaram valores dos combustíveis em Bagé

Foto: Tiago Rolim de Moura

Consumidores pagam cerca de 10% a mais
Consumidores pagam cerca de 10% a mais

O aumento de 3,3% no preço da gasolina, nas refinarias, anunciado pela Petrobras, começou a valer ontem. Em cinco dias, só no mês de setembro, foram três aumentos, somando 10,2%. No caso do diesel, a alta acumulada chega a 5,3%. Em Bagé, novos valores já foram repassados para os consumidores.
Na avaliação do proprietário de um posto na avenida Santa Tecla, que trabalha com a rede BR distribuidora, a situação está muito difícil. O empresário, que preferiu não se identificar, salienta que, em algum momento, o posto precisa repassar o aumento.
O empresário reajustou em R$ 0,10 por litro o preço da gasolina comum, que custava R$ 4,46 e passou a R$4,56. A aditivada passou de R$ 4,54 para R$ 4,64. O diesel está sendo comercializado por 3,49. “Não tem como sustentar o aumento sozinho e repassamos parte do valor para o consumidor”, disse.
Em outro posto, que trabalha com a bandeira da Megapetro, o valor também foi repassado na segunda-feira. O preço anterior da gasolina comum era de R$ 4,39. Com o aumento, passou para R$ 4,54. O litro da aditivada custava R$ 4,49 e agora custa R$ 4,64. O diesel aditivado passou de R$ 3,33 para 3,43.
Em um posto da bandeira Ipiranga, o valor dos combustíveis aumentaram ontem. O valor do litro da gasolina comum foi de R$ 4,48 para R$ 4,58. A aditivada passou de R$ 4,54 para R$ 4,67 e o diesel, até ontem, permanecia com o valor de R$ 3,47.
A Petrobras informou que a política de preços da estatal para o diesel e a gasolina leva em consideração, entre outros fatores, o alinhamento com as cotações internacionais dessas commodities. A empresa ressaltou que pode haver influência de eventos como a tempestade tropical Harvey, que levou à paralisação de refinarias no Texas, nos Estados Unidos.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...